Conecte-se

Santista na Voz

O que Willy Wonka tem a ver com o Santos FC?

A crise financeira no Santos é assunto recorrente, bem como a revelação de jovens jogadores para o futebol.

No filme A Fantástica Fábrica de Chocolate, Willy Wonka, dono de uma fábrica de chocolate um tanto quanto excêntrica, coloca em seus chocolates cinco bilhetes dourados, quem o encontrar poderá conhecer a fábrica junto a um convidado. O que não se sabia era que o proprietário queria deixar sua herança para um destes sortudos.

No Santos, mesmo com gestões recentes temerárias ao clube, os Deuses do Futebol abençoaram as categorias de base com alguns atletas que poderiam ser os bilhetes dourados do clube.

O ideal não é depender da venda de atletas revelados no clube, mas aumentar as fontes de receitas para, assim, diminuir a dívida. Isso é um grande desafio que o Comitê Gestor e Andrés Rueda terão pela frente. Ainda mais quando falamos de um clube que joga em um estádio menor, e que deve passar por uma renovação, em relação aos rivais do país, que não sabe o que é ter um patrocínio master regular desde a saída do Banco BMG e que tem um número baixo de associados (22.043, neste 22/03/2021).

Enquanto não encontra formas de aumentar as receitas, o Santos vê surgir promessas que podem trazer retorno financeiro para que o clube respire financeiramente.

Hoje, no elenco profissional, o Peixe tem alguns nomes que podem vir (atenção ao podem vir) a ser protagonistas de boas vendas, como Kayky, Balieiro, Sandry, Pirani e Marcos Leonardo, além, é claro, do principal candidato à jóia da coroa: o jovem Ângelo, de apenas 16 anos, e já cogitado no Liverpool, da Inglaterra, e no Real Madrid, da Espanha.

Isso sem citar Ivonei, Lucas Lourenço e Renyer, que têm tido menos espaço, mas que possuem passagens marcantes na base e que ainda podem vir a estourar.

Deixei Kaio Jorge de fora da lista. Afinal, a renovação é cada vez mais complicada e tudo indica que o atleta deixará o Santos sem qualquer, ou pouco, retorno financeiro.

Todos são muito jovens e o normal é que passem por oscilações, mesmo. Se vão se firmar e trazerem o retorno financeiro que o clube tanto precisa, só o destino dirá. Potencial existe! Torçamos para que essa fantástica fábrica de talentos traga ao Santos o retorno que nem sempre merece, mas que seria tão delicioso quanto o filme dirigido por Mel Stuart em 1971 e por Tim Burton em 2005!

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Peixão.

21 anos, estudante de Jornalismo na UNISANTA. Apaixonado pelo jornalismo, fanático por futebol.

6 Comentários

6 Comentários

  1. Francisco

    24 de março de 2021 às 23:41

    Me orgulho de ti Lucas meu amigo. Apesar de nossas divergências políticas kkk

  2. Renata Conrado

    23 de março de 2021 às 21:54

    Adorei a analogia e como a “Fantástica Fábrica de Chocolate”, seu texto foi uma delícia de ler! Sucesso Lucas! 👏🏼👏🏼👏🏼

  3. Maria José

    23 de março de 2021 às 14:47

    Lindo 👏👏👏👏lucas ❤️

  4. Miguel Soares Ferreira Neto

    23 de março de 2021 às 14:13

    Parabéns Lucas ! Que seja o primeiro de muitos ! Muito sucesso na jornada !

  5. nilson araujo da silva

    23 de março de 2021 às 14:04

    Parabéns Lucas bela matéria, vc tem em.casa um pai q com certeza irá te ajudar bastante , por ser conhecedor de futebol.

  6. Thaynan

    23 de março de 2021 às 12:13

    Showw😍👏🏼👏🏼👏🏼🤞🏼🐳

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Santista na Voz

%d blogueiros gostam disto: