Conecte-se

Política

OPINIÃO: Fora de campo parece que vai, mas dentro de campo…

Fala rapaziada, peixada e moçada, tudo bom com vocês? Decepcionado com a eliminação do time ainda na primeira fase de uma competição que é obsessão de todo time grande sul-americano, e mais preocupado ainda com desempenho esportivo dentro de campo.

Fora de Campo

Nesta semana passamos a vislumbrar novos horizontes de muita expectativa, isso porque, pode ter passado despercebido por parte da torcida, mas recebemos  uma grande notícia do ponto de vista  moral. O ex-presidente José Carlos Peres foi expulso do quadro associativo do clube. Eu nem vou entrar no aspecto jurídico, nem mesmo na questão estatutária da coisa. O que eu quero ressaltar é que, para o torcedor que ama o clube, ver seus dirigentes sendo responsabilizados e cobrados por seus atos, mesmo que tardiamente, nos enche de esperança por um clube melhor, mais sério e mais responsável.

Poderia ter mais gente nessa lista? Claro que sim, mas é um início. Parabéns ao Conselho Fiscal e também ao conselho deliberativo por agir de forma clara e contundente. É claro que daqui em diante devem se iniciar uma batalha jurídica, mas aí é outra conversa.

Existem outros dois grandes desafios ao conselho deliberativo, conselho fiscal e comissão de estatuto. Primeiro: Melhorar o estatuto, deixar mais claro e ágil quanto a suas punições em casos de mal feito e verificar outros nomes que ainda  rodam o clube, inclusive alguns que fazem parte do atual CG e que estiveram envolvidos em negociações como Leandro Damião. Como será a tratativa nesses casos? O alento moral está ai, é importante e enche o torcedor de orgulho, mas resta saber se esse alento é unilateral, se é pessoal, e se, a frase “pau que dá em Chico, dará em Francisco” se fará presente  na Vila Belmiro. E de olho no nome de Celso Jatene, presidente do CD (Conselho Deliberativo) hoje.

Dentro de Campo

A desclassificação na primeira fase da libertadores da américa é triste por diversos fatores. O primeiro deles é não poder comemorar esse título que tanto nos fascina desde 2011. Lá se vão 10 anos de jejum e uma saudade incrível de gritar é campeão. Mas é triste também pelo ponto de vista financeiro já que permanecer nessa competição traria ganhos importantes com premiações e exposição de nossa marca. Porém,  pior é o desempenho. Tirando o jogo contra o The Strongest na Vila o Santos não foi bem em nenhuma partida dessa fase. Falta qualidade ao elenco, falta padrão tático, falta organização, enfim… falta muita coisa.

Veja você, mesmo com essa campanha pífia e uma campanha até pior no campeonato paulista, ainda assim essa diretoria não se mexe em NADA no que diz respeito ao futebol, literalmente NADA. Vamos iniciar o Brasileirão em um dia e ainda não temos um executivo de futebol. Isso mesmo senhoras e senhores, 6 meses de gestão sem um executivo de futebol.

Vamos iniciar a maior competição nacional, e se compararmos com o elenco do ano passado, saíram jogadores como Veríssimo, Pituca,  Soteldo, e talvez até o Marinho. Sabe quem temos como reposição? NINGUÉM! Não estou dizendo que recebemos reforços de um nível inferior, estou dizendo que não recebemos reforços algum, e essa diretoria, trata com a maior naturalidade do mundo. Lembrando que Marcos Guilherme e Moraes que chegaram não são reposições aos jogadores que citei e que foram embora.

Contratamos um técnico que chegou com um tremendo ponto de interrogação em suas costas e deixa-lo sem reforços chega a ser cruel, pois em breve, o torcedor passará a cobra-lo por resultados, e ele, que chegou com esperanças de ajudar o clube, pode virar mais um vilão.

Enfim, esse é o cenário, nada animador, que só pode ser corrigido a partir do momento que houver humildade e empatia por parte daqueles que dirigem o clube hoje. Que eles possam dar um passo atrás e olhar para o futebol com um pouco mais de carinho.

Por fim, a pagina está virada, temos três competições pela frente: Brasileirão, Sul-americana e Copa do Brasil, as cartas estão na mesa e a sorte está lançada. Que Deus proteja o Santos.

Amém.

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Peixão

Menino da Fila.

2 Comentários

2 Comentários

  1. Adão Carvalho

    28 de maio de 2021 às 18:49

    Olá galera santista, é difícil até de fazer um comentário, a situação Santos que esta vivendo no qual atinge todos os setores .
    Como contratar jogadores do nível que saíram se não tem finanças não consegue renovar contrato dos que estão próximo a vencer, internamente não sabemos realmente o que ocorre, eles nunca falam a verdade com essa situação uma coisa é certo nós santista vamos torcer para coisas melhorar.

  2. Floreal

    28 de maio de 2021 às 09:20

    Futebol é feito com dinheiro,isso não temos, e ninguém está disposto a investir no futebol do Santos. Não temos CT, o que treinamos não é nosso,e querem retirá-lo de nós, o outro depois de uma grande batalha jurídica é nosso. Mas mal localizado e penhorado por N dividas. Precisamos de investidores,e não aproveitadores,que não colaboram com nada,e se locupletam com o clube. Sem investimentos alcançaremos resultados nunca alcançados em 109 anos. Agora veremos quem são os verdadeiros santistas,e os modinhas

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Política

%d blogueiros gostam disto: