Conecte-se

Vale a Pena Ver de Novo

#TBT – Relembre o histórico 7×4 do Santos em cima do Bahia, adversário desse sábado

Era uma noite de quarta-feira, no ano de 2003, e o Santos, embalado com Robinho, Diego e companhia, permaneciam na caça ao líder do Brasileirão, o Cruzeiro, foram até a Arena Fonte Nova, em Salvador.

O Peixe precisava vencer para ainda manter as esperanças de conquistar o bicampeonato seguido, e venceu aquele jogo com estilo, aplicando goleada histórica de 7 a 4.

Engana-se quem olha apenas o placar e pensa que foi uma partida fácil para o Alvinegro Praiano. Só o primeiro tempo, terminou empatado em 3 a 3 e o Santos só abriu 2 gols de vantagem depois do sexto gol.

Foi o time baiano quem abriu o placar, logo aos 9 minutos, após cruzamento de Preto, Didi subiu mais que a defesa santista e abriu o placar. Com as duas equipes se lançando ao ataque, logo o Santos empatou aos 14 minutos, Robinho da intermediária fez linda jogada e arriscou um belo chute para encobrir o goleiro Emerson.

No minuto seguinte, o Peixe ainda virou a partida, Robinho cruzou e Léo marcou de cabeça. Não passou muito tempo para o time baiano novamente empatar, aos 22 minutos, Preto arriscou de fora da área, a bola desviou na zaga santista e sobrou novamente, para Didi arriscar um chute de primeira e empatar a partida.

Antes de acabar o primeiro tempo, aos 29, Neném cruzou e Robinho colocou o Peixe à frente do placar novamente. No finalzinho do primeiro tempo, Cícero, livre de marcação, aproveita cruzamento e empata a partida.

No início da segunda etapa, logo aos 7 minutos, Preto cobrou uma falta para a área, a bola quicou na frente do goleiro Fábio Costa e colocou o time baiano novamente à frente do placar. O Santos novamente se lançou ao ataque, e após passe de Robinho, Diego arriscou chute de fora da área e o goleiro Emerson aceitou. Placar: 4 a 4.

Aos 21, Diego novamente, virou a partida e colocou de vez a equipe santista à frente do placar, com assistência de Robinho. O sexto gol veio após Fabiano tocar de calcanhar, para Diego; o meia chutou forte e Emerson fez boa defesa, mas no rebote, William marcou.

O sétimo, e último gol, veio nos acréscimos; Robinho tentou encobrir o goleiro baiano, que defendeu e no rebote a bola sobrou para o ataque santista, a bola foi alçada na área e sobrou para William tocar para o gol e Marcelo Souza cortou com a mão. Pênalti para o Peixe. Fabiano cobrou e decretou a goleada e uma partida recheada de viradas.

Santos e Bahia voltam a se enfrentar nesse sábado, as 21h, no estádio do Pituaçu, em partida válida pela primeira rodada do Brasileirão 2021.

Estagiário no Meu Peixão e futuro Jornalista.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Vale a Pena Ver de Novo