Conecte-se

Futebol

Jean Mota comenta retranca do Juventude: “Não conseguimos furar a defesa deles”

Após o frustrante empate do Santos em 0 a 0 com o Juventude, na Vila Belmiro, na noite deste sábado (12), o meio-campista Jean Mota comentou sobre a dificuldade da equipe santista em furar a defesa adversária.

A posse de bola não foi atrás com o goleiro, foi do meio para frente. Estavam os 10 atrás, praticamente dentro da área. Treinamos para isso, mas infelizmente não conseguimos furar a defesa deles“, explicou.

Contestado pela torcida em diversos momentos desde a sua chegada ao Santos, em 2017, Jean Mota foi defendido pelo técnico Fernando Diniz na entrevista coletiva após a vitória por 1 a 0 contra o Cianorte na terça-feira (08).

O Jean Mota tem características importantes e que eu gosto: é versátil, inteligente, participativo, bola longa boa e tem o chute de fora da área. Com muito tempo em clube grande, às vezes acaba sendo mais questionado do que deveria. Considero um grande jogador, que sempre gostei e tem nos ajudado bastante. Tendência é de crescimento. Fico muito feliz por ele mostrar suas qualidades neste momento porque de fato ele é muito bom”, exaltou.

Jean Mota chegou ao Santos em 2017, vindo do Fortaleza, e viveu altos e baixos com a camisa santista. Foi artilheiro e craque do Campeonato Paulista de 2019, sob o comando de Jorge Sampaoli, mas sempre conviveu com o questionamento da torcida sobre seu desempenho. Ao todo, são 230 jogos pelo Santos, com 19 gols.

21 anos, estudante de Jornalismo na UNISANTA. Apaixonado pelo jornalismo, fanático por futebol.

1 Comentário

1 Comentário

  1. Serginho

    14 de junho de 2021 às 11:01

    Esse é um tremendo enceradeira, gira gira e não sai do lugar. O Fernando Dinis deve estar assistindo outros jogos. Tocar de linho, pra trás sem produtividade alguma, não acrescenta nada. Jogador ridículo.

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol

%d blogueiros gostam disto: