Conecte-se

Almanaque Santista

Conheça mais sobre a obra “Lula: O campeão esquecido” que homenageia o técnico mais vencedor da história do Santos

Se estivesse vivo, o treinador que mais levantou troféus na história do Santos completaria 100 anos neste dia 22 de Fevereiro de 2022. Estou falando de Luís Alonso Peres, o famoso Lula. Teinador que teve a responsabilidade de comandar, talvez, o maior time que já pisou em um gramado de futebol em termos de clubes.

O jornalista e escritor, especialista na história do Alvinegro, Fernando Campos Ribeiro, teve a ótima ideia de escrever um livro contando mais sobre a história desse grande gênio que, por muitas vezes acaba sendo esquecido. a ideia veio logo após o témino de outro excelente livro que foi o da Biografia do Coringa da Vila, Lima. Fernando explicou como surgiu, de fato a ideia.

“Na reta final da biografia do Lima (livro sobre o Coringa da Vila), que eu escrevi, ficou muito claro para mim, nas entrevistas que fizemos com o Lima, nas pesquisas que fizemos em jornais, em entrevistas com outras pessoas, a importância do Lula para aquele time do Santos. Eu queria conhecer mais, Isso me trouxe uma necessidade de conhecer quem foi o Lula. Porque assim como outras pessoas, eu também tinha pouco conhecimento. Então a ideia era conhecer quem foi o Lula. Da onde veio, para onde foi, qual foi a tragetória dele. Então esse foi o principal motivador, começar a pesquisar a vida do Lula”, disse Fernando.



O time do Santos do final da década de 1950 até o começo da década de 1970 é o maior esquadrão da história centenária do Peixe. Sempre que esse time é citado ou homenageado, o comandante acaba sendo deixado de lado e quase nunca é citado nas histórias. Para o autor do livro, o fator treinar o time que tinha Pelé acabou sendo um “problema” (no sentido carinhoso da palavra) para o reconhecimento do que Lula fez para o Santos. 

“Ficou essa questão de que quem tinha o Pelé ganhava, independente de ter um bom trabalho ou não. As pessoas passou a posteridade que aquele time do Santos jogava sozinho. Que o time se escalava e isso não é verdade. Quando você vai fazer essas buscas, o Lula teve participações fundamentais nos principais titulos do Santos. Em 1955, Pré-Pele, ele foi fundamental. Em 1962 vencer o Benfica no estádio da Luz da forma que foi, teve participação fundamental do Lula. Em 1963 contra o Milan, teve participação fundmental. Lula foi um dos principais responsáveis pela montagem daquele elenco, pela manutenção do elenco e do rendimento e também por eles virarem todos muito amigos e ele não é lembrado. Quando se fala do Santos, todo mundo lembra de Coutinho, Pelé e Pepe, mas quem colocou eles para jogar?”, explicou Fernando. 

“O Lula teve coragem de colocar o Pelé como titular quando ele tinha o Alvaro e o Vasconcelos. O Vasconcelos se machucou, mas quando ele voltou a jogar, o Lula deixou ele de lado porque o Pelé estava melhor e o Vasconcelos tinha muito mais nome. O Coutinho começou a jogar no lugar do Pagão que era o centroavante mais famoso do futebol braileiro daquela época, um craque de bola. O Pepe começou a jogar no lugar do Tite em 1955 que foi para a direita porque era muito bom e não podia sair do time, mas o Lula arrumou um lugar para o Pepe que estava pedindo passagem”, completou. 

O livro retrata, por exemplo, sobre as grandes negociações que Lula realizou sendo o técnico do Santos e que muitas delas teve até desconfiança de muitos torcedores e por parte da imprensa, como por exemplo o goleiro Gilmar dos Santos Neves e a chegada do zagueiro Mauro por um valor alto na época. Foram transações que chegaram por intermédio de Lula que deram certo e, por muitas das vezes, não são lembradas. 

“Lula: o campeão esquecido”, é uma obra que pretende dar ao maior treinador que o Santos já teve, seu lugar de prestígio. Lula não só venceu, mas convenceu fazendo com que aquele famoso Santos fosse reconhecido em todo o mundo. Fernando também falou sobre o alcance que pretende atingir com o livro. 

“Meu objetivo é contar histórias. E eu ficaria muito feliz se a torcida do Santos, se as novas gerações de santistas, de jornalistas e de amantes do futebol pudessem olhar para o trabalho do Lula e o valorizar como profissional fora de série que ele foi. Eu tomei o cuidado de entrevistar jornalistas da nova geração para saber o que eles conhecem do Lula”, disse Fernando.

O livro é tão revelador, que Fernando encontrou fotos e registros que até mesmo a familia do Lula não tinha o conhecimento que existiam. A obra conta a história do treinador desde seu inicio no futebol de várzea em Santos até o final emocionante e delicado de sua vida. Com certeza o agora centenário treinador santista foi muito bem homenageado na obra que você já consegue adquirir.

Você encontra ol ivro atráves do Link abaixo

https://clubecorner.com.br/produto/pre-venda-lula-o-campeao-esquecido/

O valor é de R$ 59,90. “Lula: O campeão esquecido” é uma obra que promete mostrar muito sobre um ídolo de um grande clube que por anos ficou esquecido, mas que agora será eternamente lembrado. 

Jornalista graduado pela Universidade FiamFaam. Santista, romântico da bola e amante do futebol varzeano. Colaborador no Cancha Santista e colecionador em transmissões na Equipe Líder, Rede Continua e Rádio Prorrogação

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Almanaque Santista