Conecte-se

Futebol

Confiante, Holan cita sonho em disputar Brasileirão e promete Santos com “mentalidade ofensiva”

Ariel Holan é o novo treinador do Santos

O Santos apresentou Ariel Holan como novo técnico, nesta segunda-feira. E o treinador já deu sua primeira entrevista. Dentre algumas respostas, estão o pensamento em fazer o Peixe ter um DNA ofensivo e o agradecimento pela oportunidade de fazer história no clube.

O treinador terá contrato até dezembro de 2023 e visto como adequado no orçamento do Alvinegro, segundo o presidente Andres Rueda – o vínculo não teria multa rescisória. O último trabalho de Ariel Holan foi a Universidad Católica, do Chile, onde foi campeão chileno na temporada.

“Confiamos plenamente em fazer um grande trabalho. Quero que vejam uma equipe com identidade clara de futebol, com mentalidade ofensiva. E que os jovens se entrosem com os mais experientes e, entre eles, façam crescer o time como já faziam”, comentou Holan, em entrevista à Santos TV.

“É um orgulho para mim, estou agradecido pela oportunidade, em confiar neste momento que pode conduzir o clube. O Santos é uma marca, é o Santos de Pelé, Santos de Neymar. É bicampeão do mundo, tricampeão da América. É um desafio enorme, estou feliz em estar neste lugar. Estou convencido que vamos dar toda a paixão, toda dedicação para colocar o nosso nome na história do clube. Há jogadores com grande potencial, jovens que vão ganhar maturidade”, acrescentou.

Disputar o Brasileirão foi um sonho citado pelo treinador de 60 anos durante a entrevista. Holan afirmou que assistiu muitos jogos do campeonato para estudar as equipes nos confrontos pela Libertadores. Na última temporada, a Católica enfrentou Internacional e Grêmio na fase de grupos do torneio continental.

“É uma das ligas mais importantes do mundo, pela qualidade de suas equipes, de seus treinadores, qualidade dos jogadores. Para o treinador, é um dos desafios mais importantes da América Latina. Estudei muitos times, já enfrentamos Internacional, Corinthians, Grêmio, Santos também. Assistia muitas partidas, porque são rivais poderosos, e assim ter recursos para jogar e ganhar. É um desafio extraordinário. Eu sonhava em disputar o Campeonato Brasileiro. Estou muito feliz por fazer isso em um clube com a trajetória e envergadura do Santos”, disse o treinador.

Holan chegará a Santos durante a semana para iniciar o trabalho no CT Rei Pelé. No duelo contra o Bahia, nesta quinta-feira, às 21h30, em Salvador, Marcelo Fernandes estará à frente da equipe.

Formado em jornalismo pela Universidade Católica de Santos. Colaborou para o GloboEsporte.com, LANCE! e Esporte News Mundo.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol