Conecte-se

Futebol

Interino diz que jovens do Santos “podem dar conta do recado” e cria expectativa com Holan: “Fará boa temporada”

O interino Marcelo Fernandes criou uma boa expectativa entre a boa atuação dos jovens no empate em 2 a 2 contra o Santo André e a chegada do novo técnico Ariel Holan. O duelo aconteceu neste domingo, no Canindé, pela estreia do Campeonato Paulista.

Marcelo Fernandes escalou 10 Meninos da Vila na partida deste domingo. Apenas Jean Mota, autor do primeiro gol santista, não foi formado na base do clube.

“Minha análise é muito boa, fiquei feliz com o que essa rapaziada apresentou hoje. Primeiro tempo muito bom, com uma média de idade de 20 anos, mesmo com Vladimir e Jean Mota em campo. Tomou gol com 2 minutos e teve personalidade pra empatar e virar. Sabíamos que o segundo tempo seria difícil com trocas e condicionamento porque não vinham jogando faz tempo. Análise é a melhor possível, Santos está bem servido na base, os meninos podem dar conta do recado, vai agregar muito junto com aqueles que têm na espinha dorsal forte. Isso é importante para o trabalho do treinador, estou muito contente com todos. A diretoria está se esforçando pra quitar dívidas, uma diretoria séria através de Rueda e José Carlos. Quem vai ganhar não é só a molecada, mas também o Santos, que não terá dívidas”, comentou o auxiliar, em entrevista coletiva virtual após o empate.

“Foram maravilhosamente bem. Só o Jean Mota que não faz parte da base do Santos no início de jogo. A gente fica feliz, quem ganha com isso é o Santos e o próprio Holan, que quer agregar bastante. Certeza o Santos vai fazer uma boa temporada com todos juntos”, acrescentou Fernandes.

>Veja mais notícias do Santos clicando aqui

Holan esteve presente no Canindé para acompanhar a partida, mas durante a semana já havia conversado com Marcelo Fernandes sobre alguns pontos em que gostaria de ver no Santos enquanto não estivesse no comando.

“O Ariel tem conversado com a gente desde a Bahia. A gente fala pra ele como está a situação, deixa a gente à vontade. Ele tem um grupo de análise de desempenho que tem os perfis de jogadores traçados. Ele conversou a respeito de alguns jogadores, cabe a gente fazer aquilo que quer. Conseguimos atender todos os pedidos dele, colocamos situações em que ele pôde ver também. É importantíssima a participação dele. Estou feliz, vai acrescentar muito ao nosso grupo”, falou.

O Santos se reapresenta nesta segunda-feira, no CT Rei Pelé, visando o duelo contra a Ferroviária, na quarta-feira, às 17h, pela segunda rodada do Paulistão. O Peixe é o segundo colocado do Grupo D, com um ponto.

Formado em jornalismo pela Universidade Católica de Santos. Colaborou para o GloboEsporte.com, LANCE! e Esporte News Mundo.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol