Conecte-se

Futebol

Os Meninos da Vila e os jogos Olímpicos

Neymar e Gabigol comemorando o ouro olímpico em 2016 - GettyImages

Neymar e Gabriel comemorando o ouro olímpico (FONTE:sportbuzz.uol.com.br)

Os jogos Olímpicos de Tóquio estão cada vez mais próximos. Vale lembrar que a edição do ano passado foi adiada por conta da pandemia. De certa forma, isso ajudou a comissão técnica brasileira analisar melhor os jogadores que integrarão a lista de 18 jogadores com idade abaixo de 24 anos e mais 3 jogadores com idade acima.

Desde as recentes Olímpiadas, sendo a de 2012 em Londres até a última que foi realizada no Rio em 2016, diversos jogadores formados na base do Santos estavam presentes nas listas de convocação, sendo o alvinegro, o clube que mais formou jogadores para a disputa dos jogos Olímpicos.

Os convocados para os jogos de Londres foram: Rafael, Danilo, Alex Sandro, Ganso e Neymar; já em 2016, os jogadores eram: Neymar, Felipe Anderson, Zeca, Gabriel e Thiago Maia; sendo apenas os 3 últimos que ainda permaneciam no elenco.

Na temporada de 2012, o quinteto convocado deixou o time na 14ª colocação e ficou fora durante 7 rodadas do Campeonato Brasileiro (16 de julho à 11 de agosto). Nesse período, o Santos somou apenas 8 pontos dos 21 disputados, porém, ficou estacionado na mesma colocação. Já na temporada de 2016, o trio deixou o clube quando estava na 4ª colocação e não esteve presente em 6 jogos (18 de julho à 20 de agosto), um a menos em relação a última Olímpiada.

Nesse período, a equipe somou 10 pontos dos 18 disputados, o que parece ser um desempenho melhor, porém, dessa vez o Santos perdeu uma posição e caiu para a colocação de número 5.

Nessa nova Olímpiada, poucos jogadores do elenco santista foram convocados para os jogos pré-olímpicos, apenas o lateral-esquerdo Felipe Jonatan foi testado em uma das convocações do técnico André Jardine. Apesar disso deve-se ficar atento as próximas convocações, tendo em vista que novos nomes poderão aparecer nessa lista, como o do atacante Kaio Jorge e do volante Sandry, que foram campeões mundiais sub-17 pela seleção brasileira em 2019. Os dois terminaram a temporada passada em alta e podem ser testados como possíveis alternativas, além dos atacantes Renyer e Marcos Leonardo que atualmente estão em períodos de treino pela seleção sub-18. Para o Santos, essa situação é, de certa forma, positiva, já que a perda de muitos jogadores seria muito ruim para o clube, que possui muitas limitações para substituir essas posições.

Além desses jogadores, também podemos ficar de olho em um atleta mais experiente que também poderá ser convocado, o atacante Marinho, que terminou a última temporada sendo um dos melhores jogadores do Brasil, e eleito o Rei da América e talvez possa aparecer na lista final de convocação.

Apesar de essa Olímpiada não estar sendo comum o torcedor santista ver muitos jogadores do clube sendo convocados, o futuro fala de outra forma, já que uma boa geração de Meninos da Vila está sendo convocada para seleções de base de diferentes categorias e tem tudo para conseguir uma vaga nas próximas competições olímpicas.

Estagiário no Meu Peixão e futuro Jornalista.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol