Conecte-se

Santista na Voz

Celebridade Santista: André Vasco comenta seu amor pelo Santos e perrengues com torcidas rivais

Cheguei, rapaziada!

Vou compartilhar aqui com vocês uma ideia que troquei com André Vasco, além de ser torcedor do Santos, é muitoooo gente boa. O que vocês não sabem, é que o comunicador já passou alguns perrengues em torcidas adversárias. Mas calma, primeiro vamos entender como surgiu o amor pelo Peixão.

 

MENINO DA FILA

Nascido em 1984, podemos chamar o André de pé quente. Com apenas dois meses de vida, nosso convidado comemorava, em cima de um rival, o 15º Paulistão do Santão. O problema aconteceu nos 13 anos seguintes. Sabendo disso, eu tive que perguntar para o “Menino da Fila”: Por que o Santos?

Resolvi torcer pro Peixão primeiro pela minha família paterna ser da Baixada Santista, do (bairro) José Menino, fui criado comendo churros e tentando furtar pavão do Orquidário, emissário submarino, sorvete de morango na Itanhaém, filmes no Roxy… Meu avô era fanático, e eu sempre assistia os jogos com ele. Passava pela Vila quando o acompanhava para retirar sua aposentadoria…” 

Eu sou um pouco mais novo que o Vasco, mas peguei uma boa parte da fila, e como disse no meu primeiro texto aqui no Portal, ser o único santista da classe era motivo de orgulho. Olha a coincidência:

E segundo, porque sempre fui ao oposto da moda. Todos amiguinhos da classe torciam para o São Paulo, Corinthians… ninguém pro Santos. Ta aí mais um argumento. Por que não!? (risos)” 

 

AQUI É SANTOS

Uma parada que sempre curti no trampo do André, até comentei com ele, é que desde 2005 quando estreou como VJ da MTV, o publicitário sempre deixou claro o amor pelo Peixão. Inclusive, se você não lembra de tudo que esse cara já fez pela comunicação brasileira, no canal André Vasco no Youtube, neste vídeo de 1 minutinho ela narra toda sua trajetória. Seja na MTV, na BAND, ou em qualquer outra emissora, o publicitário sempre deixou claro o amor pelo Peixão. E o Santão notou! Vasco é figurinha carimbada nas redes sociais do Peixe:

Sempre que o Santão posta uma foto minha, me felicita pelo aniversário, dá ‘mó’ orgulho. Pena que meu avô não viveu pra ver isso.” 

>Leia mais colunas e notícias do Santos clicando aqui

E ela ainda completa, emocionado, lembrando dos tempos que assistia aos jogos naquelas tvs de tubo:

Lembro quando o Santos perdeu pro Botafogo na final de um Brasileiro. Eu vendo naquelas tvs minúsculas preto e branco no chão do meu quarto na Ponte Grande, em Guarulhos. E eu mais velho, Nike assinou com Santos e recebi a camiseta do menino Ney, com a forma da cabeça dele num molde. ‘Mó’ moral, várias lembranças.” 

 

(Foto: Divulgação/Instagram Oficial do Santos)

 

Maaaaas, este rosto conhecido já trouxe problemas pro nosso amigo. Lembra do nosso título Paulista de 2015? O primeiro jogo foi na casa do rival, e André estava lá, só que na torcida dos caras:

Chegando lá, meu sogro mandou a letra que era na torcida do Palmeiras. Beleza. Lá fomos nós ver o jogo caladinhos. Mas a cara entregou. Eis que um torcedor adversário vira pra mim e fala: “Sai pra lá Vasco, ‘tô’ ligado que você é peixe”, em um tom não muito fofo. Tivemos que ir comprar uma pipoca e perder nossos lugares. Tenho várias histórias de ser reconhecido em torcidas adversárias (risos).” 

Ufa, consegui! Cheguei até aqui sem fazer nenhuma piada com o sobrenome dele. Valeu, André, quando quiser voltar, as portas do Meu Peixão estarão sempre abertas. Pra cima deles!

Publicitário e Santista sobrevivente da década de 90.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Santista na Voz