Conecte-se

Futebol

De atleta à supervisora: Aline Xavi é nome forte das Sereias da Vila

Quando Aline Xavier chegou à Vila em 2006, o Santos fornecia apenas a camisa para as atletas.  O técnico Kleiton Lima cuidava da parceria do futebol feminino entre as prefeituras de Santos e Itanhaem. Após conquistas importantes em 2007, o clube passou a gerir diretamente o time das Sereias da Vila.

Ex-zagueira do clube, Xavi acompanhou todo o processo de evolução e profissionalização da modalidade na equipe da baixada.

“A transição de atleta para a área administrativa aconteceu em agosto de 2015. Foi uma mudança brusca, mas com o passar dos meses eu fui me acostumando e pegando amor pelo trabalho. Nunca tive o objetivo de atuar como técnica ou preparadora física, minha meta sempre foi a área de gestão. Muito orgulho de fazer parte de todo o crescimento e história das Sereias”, recorda a ex-atleta em entrevista ao Meu Peixão.

Aline conta com referências femininas nos cargos de gerência da modalidade no país, como Ana Lorena Marche, diretora de futebol feminino na Federação Paulista de Futebol, e Aline Pellegrino, coordenadora de competições femininas da CBF.

Com uma vida toda dedicada ao futebol, a supervisora acompanha de perto a evolução do esporte que já foi proibido por lei no Brasil.

“As Sereias da Vila significam muito para mim, é minha vida. O motivo de eu acordar cedo todo dia para fazer o que mais amo. Me orgulho ao ver que alcançamos um cenário tão importante no futebol feminino brasileiro. É prazeroso lembrar que eu pude fazer parte e contribuir com tudo isso”, celebra.

O jornalista Guilherme Cardoso é setorista do Resenha das Sereias, e cobre o clube há cinco anos. Para ele, Aline desenvolve um trabalho fundamental como supervisora do time.

“Nome forte dentro e fora de campo. Ela é a mulher responsável por cuidar de tudo durante os jogos, desde a chegada do time ao estádio, até a hora de ir embora. Sei que ela tem a admiração de grande parte do elenco santista por tudo que faz e fez pelo clube”, analisa.

O carinho pela ex-zagueira é visível. Aniversariante na última terça-feira (30), Xavi foi homenageada nas redes sociais das Sereias e por diversas atletas e torcedores.

Guilherme explica que a supervisora não está diretamente ligada ao campo e bola e por isso, poucos lembram do seu trabalho na hora das conquistas, mas ela é responsável por grande parte das renovações de contrato do atual elenco, por exemplo.

O Santos ficou sem gerente de futebol feminino no final do último ano, e Aline fez a função até a chegada do coordenador Amauri Nascimento, além de participar diretamente de contratações como das atletas Karen e Camila.

“Tem carreira vitoriosa como atleta, foi campeã brasileira com o Caio Couto em 2017,Paulista de 2018 com a Emily Lima, e faturou a da Copa Paulista de 2020 com o Guilherme Giudice. Permanece em 2021 com a Christiane Lessa ,e  isso demonstra o tamanho dela para o clube”, completa Guilherme.

As Sereias estreiam no Brasileirão A1 contra o Internacional  dia 17 de abril, no Rio Grande do Sul.

Jornalista graduada pela Universidade Metodista. Atualmente a única repórter de campo no ABC Paulista. Coleciona transmissões pela FPFTV, CBFTV e Santos TV.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol