Conecte-se

Futebol

Após derrota, Diniz valoriza elenco do Santos e sai em defesa de Marinho

Após a derrota por 1 a 0 para o Fluminense, na noite desta quinta-feira (17) no Maracanã, o técnico Fernando Diniz concedeu entrevista coletiva, falou sobre as diversas oportunidades desperdiçadas e saiu em defesa de Marinho, que não vive grande fase e está longe de apresentar o futebol que o credenciou como o Rei das Américas na temporada 2020.

Na oportunidade, Diniz elogiou as opções ofensivas do elenco santista e ressaltou a qualidade de jogadores do meio-campo e de Felipe Jonatan para a criação de jogadas.

“A gente não perdeu por causa (da falta) do meio-campo criativo, porque a gente criou. Se a gente não tivesse criado, poderia falar isso. A gente tem atacantes e bons. O Marinho, que é jogador de Seleção Brasileira, foi o melhor jogador da América há seis meses atrás, da seleção do campeonato e todos os times do Brasil querem ter o Marinho. Errou hoje, mas a gente acredita muito nele e ele vai fazer, numa próxima, senão depois. É grande jogador. Nós temos o Kaio Jorge, que é outro grande jogador e os times europeus o querem. Nós temos o Marcos Guilherme que é grande jogador, o Lucas Braga também, o Pirani é criativo, Jean Mota criativo, Zanocelo criativo, Felipe Jonatan um lateral de ataque, criativo. Temos jogadores para criar e criamos. Não foi isso que faltou, faltou sermos mais felizes nas finalizações”, exaltou.

O Santos volta a campo no domingo (20), às 18h15, para enfrentar o São Paulo, na Vila Belmiro, pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro.

21 anos, estudante de Jornalismo na UNISANTA. Apaixonado pelo jornalismo, fanático por futebol.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol