Conecte-se

Futebol

Cianorte aposta em ex-Meninos da Vila para vencer o Santos

O Cianorte conta em seu elenco com dois ex-jogadores do Santos, são eles o lateral-esquerdo Rael e o meia Gabriel Calabres.

Talvez o meia Calabres seja o mais conhecido pela torcida santista, já que em 2018, foi grande destaque do sub-23 do Peixe na disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Em entrevista ao Globo Esporte, Gabriel Calabres falou sobre sua passagem pelo Santos.

“Sempre respeitei as decisões do Jair Ventura (técnico do Santos à época) e segui determinado, trabalhando para buscar uma chance. E sempre tive a esperança de que o meu momento chegaria. Infelizmente não tive tantas oportunidades”, disse Calabres, que ressaltou o peso da camisa do Santos para o futebol brasileiro e elogiou a estrutura do Cianorte.

“Vestir a camisa do Santos, um dos maiores clubes do futebol brasileiro, é uma responsabilidade muito grande. E a transição entre base e profissional não é tão simples, leva um tempo para a adaptação completa. Eu sempre segui trabalhando forte e me esforçando, assim como fazia na base. Tentei buscar meu espaço […] Claro que o Santos é um grande clube, com uma ótima estrutura. Mas o Cianorte também tem uma estrutura fantástica, proporciona tudo o que é necessário para todos os atletas. Além da estrutura física, o clube também conta com grandes profissionais. Estou feliz aqui e tenho crescido muito como atleta nesse período”, finalizou o meia.

O lateral Rael, teve uma rápida passagem pelo Peixe, jogou apenas na base e por pouco tempo. Chegou ao clube com 14 anos e foi dispensado após a troca de diretoria. Em conversa com A Tribuna, Rael revelou:

“Cheguei para um período de testes no Santos, em 2013. Após uma semana de avaliações, fui aprovado. Treinei cinco meses com o grupo, sem contrato. Mas, no fim do ano, a diretoria do clube mudou e fui informado que o time não permaneceria com nenhum jovem recém-aprovado. Eu era o único deles. Por isso não consegui jogar no Santos”, disse o lateral.

Rael também projetou o duelo, que pode levar o Cianorte a uma histórica classificação às oitavas de final da Copa do Brasil.

“Será a primeira vez que Santos e Cianorte se enfrentam na história. Tudo que passei para chegar até aqui serve de inspiração. Acredito que somos uma das grandes surpresas nesta fase da Copa do Brasil, passamos por equipes de grande torcida (Paraná e Santa Cruz) e isso nos motiva a ir cada vez mais longe na competição”, completou.

Rael já passou pelo Santos (Foto: Reprodução)

Precisando vencer para dar tranquilidade ao técnico Fernando Diniz, o Santos deve ir a campo com: João Paulo; Pará, Kaiky (Luiz Felipe), Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Jean Mota e Gabriel Pirani; Marinho, Kaio Jorge e Lucas Braga.

Estagiário no Meu Peixão e futuro Jornalista.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol