Conecte-se

Santos FC

Contra o Atlético-MG, Santos reencontra Sasha, Éverson, Dodô e Cuquinha

Na noite deste domingo (27), o Santos recebe, na Vila Belmiro, às 20h30, o Atlético Mineiro, em confronto válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Além de ser um confronto muito importante, com um time em briga direta com o Santos para figurar nas seis primeiras colocações, que dão classificação para a Libertadores de 2022, o Peixe irá reencontrar quatro figuras que passaram pela história recente do clube: Eduardo Sasha, Everson, Dodô e Cuquinha, que substituirá o técnico Cuca, expulso no último jogo do Atlético.

Dodô jogou apenas uma temporada com a camisa do Santos, emprestado pela Sampdoria (ITA), em 2018, mas acabou não sendo adquirido em definitivo, apesar das boas atuações. Com a camisa alvinegra foram 51 jogos e apenas 1 gol marcado, mas muito seguro no setor defensivo santista e só não deixou tantas saudades para a torcida, pois seu sucessor Jorge foi tão bem quanto.

Sasha e Everson estão praticamente envolvidos na mesma história, o atacante chegou do Internacional em 2018 e o goleiro veio do Ceará em 2019, mas ambos saíram pela “porta dos fundos”, já que processaram o clube, alegando falta de pagamentos. Sasha conseguiu ter, em primeiro momento, seu vínculo rescindido, mas perdeu e voltou a ficar vinculado ao Peixe. Depois, foi vendido ao Galo. Everson foi vendido por cerca de R$6 milhões. O atacante possui 105 jogos e 23 gols, enquanto o goleiro participou de 52 partidas.

Dodô, Sasha e Everson, foram treinados por Cuca quando estiveram no Santos.

Cuquinha, auxiliar e irmão de Cuca, será o responsável por comandar o time atleticano contra o Santos neste domingo, já que o treinador foi expulso após ofender o árbitro Leandro Vuaden, na última quinta-feira (24), em partida contra o Ceará. Ambos passaram pelo Peixe em duas oportunidades, assumindo o time em 2018, após a demissão de Jair Ventura, e, na última temporada, assumindo após a queda de Jesualdo Ferreira, foi quando conseguiram fazer o melhor trabalho pelo Santos, levando o time a decisão da Libertadores, onde foram vice-campeões.

Cuca também comandou o Santos em um curto período em 2008, mas não obteve sucesso e Cuqinha não era seu auxiliar na época.

Estagiário no Meu Peixão e futuro Jornalista.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Santos FC