Conecte-se

Sem categoria

Santos anuncia acordo com Krasnodar e evita risco de novo transfer ban

O Santos FC anunciou nesta terça-feira (22) um acordo no caso do atacante Cueva com o Krasnodar, da Rússia, clube que até o momento não havia recebido nenhum valor financeiro. Ficou definido o pagamento da dívida até dezembro de 2023, evitando assim o risco de um possível novo transfer ban pela FIFA.

O presidente Andres Rueda destacou a habilidade da gestão na negociação, uma vez que a relação com o clube russo estava tão desgastada que gerou o ingresso com ação na FIFA em abril do ano passado, conseguindo a condenação em dezembro. “Foram cinco meses de árdua negociação com o Krasnodar e hoje assinamos o acordo com parcelamento até 2023, tirando qualquer possibilidade de transfer ban”, afirmou.

Ainda envolvendo o jogador Cueva, o Santos FC tem um processo arbitral na CAS (Corte Arbitral do Esporte) contra o atleta e o Pachuca, do México. O Peixe foi vitorioso em primeira instância e aguarda a decisão final para outubro. “Em caso de nova vitória, o valor será usado para antecipar o acordo com o Krasnodar”, anunciou.

Mais um passo que o Santos está dando rumo à recuperação da credibilidade. Trabalhamos diariamente para nunca mais ter esse tipo de risco no clube. É inaceitável um clube como o nosso não poder contratar atletas por dívidas milionárias não honradas. Foi um momento que o Santos passou que queremos que fique no passado. Agora temos que honrar”, destacou Rueda.

No último sábado, em live no canal da Nagila Luz, Rueda demonstrou otimismo e revelou que de dez pendências de extrema urgência elencadas no início da gestão, o clube já está chegando à oitava resolução.

Quando começamos a gestão, estava muito claro os problemas que deveriam ser atacados de imediato e que podiam prejudicar o clube, tanto na parte esportiva, com transferban, quanto na parte de contas, com credores que podiam bloquear as contas do clube. Então, tínhamos dez situações que eram: terminar o caso Hamburgo, Atlético Nacional, Brugge, Huachipato, Krasnodar, dívidas trabalhistas, dívidas tributárias, uma dívida antiga com o Giuliano Bertolucci, Doyen e Barcelona. Dez itens de extrema urgência para que o Santos ficasse em uma situação confortável. Prevíamos um ano, um ano e pouco, para resolver essas pendências. De todos que comentei, contando esse do Krasnodar que está pela assinatura, vai faltar Doyen e o Barcelona. Nos dois estamos em negociações avançadas e pretendemos solucionar rapidamente. Isso vai dar um novo alento ao clube. Credores calmos, com acordos feitos, resta pagar. Então, 2021 e o primeiro semestre de 2022 vai ser o ano para honrarmos essas dívidas. Não adianta fazer o acordo e não honrar.“, explicou.

Contratado a peso de ouro para ser peça importante da equipe de Jorge Sampaoli, o meio-campo peruano Christian Cueva nunca vingou no Santos. Foram apenas 16 jogos, sem marcar gols ou distribuir assistências.

21 anos, estudante de Jornalismo na UNISANTA. Apaixonado pelo jornalismo, fanático por futebol.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Sem categoria