Conecte-se

Futebol

Com Luiz Felipe suspenso, Santos deve ter Danilo Boza no clássico contra o Palmeiras

O Santos deve ter um sistema defensivo bastante diferente do que era considerado titular por Fernando Diniz três partidas atrás para enfrentar o Palmeiras.

Contra o Sport, o Peixe entrou em campo com Pará, Luiz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonatan formando a linha defensiva à frente de João Paulo.

No clássico deste sábado, às 16h30, no Allianz Parque, o Peixe deve visitar o rival alviverde com uma linha defensiva bastante diferente.

Pará, que vinha sendo criticado pela torcida nas redes sociais, não atuou contra o Athletico Paranaense por estar suspenso e viu seu substituto Madson fazer boa partida, dando assistência para o primeiro gol, marcado por Marcos Guilherme.

Na zaga, Luiz Felipe sofreu o terceiro cartão amarelo e está suspenso. Danilo Boza deve ser o escolhido para a vaga.

O companheiro Luan Peres segue fora por estar em negociações avançadas com o Olympique de Marseille, da França, a pedido de Jorge Sampaoli. O zagueiro se despediu do elenco na semana passada e a partida contra o Sport provavelmente foi sua última com a camisa alvinegra. No lugar de Luan, tem atuado o jovem Kaiky.

Por fim, Felipe Jonatan teve lesão grau 1 na coxa esquerda constatada na segunda-feira (05) e ainda é dúvida. Moraes, seu substituto contra o Athletico Paranaense, teve boa atuação e pode seguir na equipe.

Desfalcada, a defesa do Santos é um dos pontos fortes da equipe desde a chegada de Fernando Diniz. São 15 gols sofridos em 15 jogos, média de 1 gol sofrido por jogo. Antes de Diniz, a média era de 1,47 gol sofrido por jogo. Outro ponto importante e positivo é que o Peixe não sofre gols de bola aérea, principal crítica defensiva antes da chegada do treinador, há nove jogos.

21 anos, estudante de Jornalismo na UNISANTA. Apaixonado pelo jornalismo, fanático por futebol.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol