Conecte-se

Futebol

João Paulo alerta para necessidade do Santos de vencer fora de casa no Campeonato Brasileiro

O empate por 0 a 0 contra o Sport fez com que o Santos chegasse a quatro jogos  de invencibilidade no Campeonato Brasileiro. Com dois empates e duas vitórias em sequência, o Peixe atualmente ocupa a sétima colocação no torneio nacional, com 12 pontos conquistados e tem pela frente o América-MG, neste sábado (3), às 19h, no estádio Independência, pela 9ª rodada.

Nas quatro partidas de invencibilidade, a equipe comandada por Fernando Diniz ainda ganhou de São Paulo e Atlético-MG na Vila Belmiro, e empatou com o Grêmio em Porto Alegre. Titular em boa parte dessa sequência positiva contra oponentes fortes por conta de uma lesão de John no final do clássico contra o São Paulo, o goleiro João Paulo vê o Alvinegro Praiano competitivo no Brasileirão.

“Nós jogamos num clube gigante, que é o Santos. E quando entramos em qualquer competição temos que ir pensando no título. Não podemos jamais entrar pensando em ficar no meio da tabela ou brigar só por Libertadores. O pensamento tem que ser de ficar lá em cima e hoje a nossa equipe é competitiva contra qualquer adversário”, afirmou.

Apesar do período sem derrotas, o Santos segue em busca de seu primeiro triunfo fora da Vila Belmiro no torneio nacional. Em três partidas, a equipe empatou uma vez (contra o Grêmio) e sofreu duas derrotas (para Bahia e Fluminense). Para João Paulo, o Peixe precisa voltar a vencer longe dos seus domínios para subir na tabela.

“Quem quer brigar lá em cima tem que ganhar fora de casa, ainda mais porque deixamos uma vitória escapar da gente contra o Sport na última quarta. Fomos bem melhores, mas futebol é resultado e não conseguimos converter a atuação em gols. Agora temos a oportunidade contra o América-MG de conquistar essa primeira vitória fora de casa, que vai ser muito importante para nós”, ressaltou o camisa 34.

Desde que subiu ao profissional, João Paulo atuou em 53 partidas. Na temporada, o arqueiro esteve na meta santista por 17 jogos.

21 anos, estudante de Jornalismo na UNISANTA. Apaixonado pelo jornalismo, fanático por futebol.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol