Conecte-se

Futebol

Ricardo Goulart é apresentado e se mostra pronto mentalmente e fisicamente para ser o destaque da equipe “Chego muito maduro”

Foto: Ivan Storti / Santos FC

O Santos apresentou oficialmente o seu grande reforço para a temporada de 2022. Ricardo Goulart recebeu a camisa 10 junto de seus filhos das mãos do executivo de futebol, Edu Dracena.

Goulart se mostrou motivado e muito feliz em poder vestir a camisa do Santos futebol clube. Para o jogador, o astral do clube foi importante para escolher a Vila Belmiro.

“Fiquei muito feliz com o contato do Santos. Joguei aqui e sempre foi muito difícil, principalmente na Vila. É um clube gigantesco. Outros clubes tiveram interesse, mas senti o astral do clube já nas primeiras conversas e isso mexeu comigo”, afirmou Goulart.

O jogador também foi bastante questionado sobre a questão do seu joelho. Goulart teve problemas no menisco e passou por cirurgia. Existe muita dúvida sobre o estado físico do jogador para conseguir atuar em alto nível. Goulart afirmou que está bem e que consegue atuar em nível de excelência. O jogador trabalha em paralelo com um profissional que o ajuda.

“Joelho está super ok. Tenho trabalhado, trago um fisioterapeuta comigo há dois anos. Os números foram muito bons e nós apresentamos ao Santos. Cheguei muito bem fisicamente, com adaptação boa no clube. Meus números nos treinamentos surpreenderam a todos. Muitos pensam sobre o joelho, mas estou bem. Basta pegar ritmo de jogo e entrosamento para fazer bom ano”, disse com convicção.

“Nenhum jogador passa ileso. Outros têm sérios problemas com rendimento alto. Me cuidei muito nesses dois anos, desde o Palmeiras. Tive uma passagem rápida e voltei para a China. Me adaptei, trabalho com grandes profissionais e não sinto dor. Se eu tivesse dor o Santos nem aceitaria meus exames médicos. E o meu rendimento não seria o que surpreendeu o Santos. Farei tudo o que estiver ao meu alcance. Não tenho nada a provar para ninguém, mas sim ajudar meus companheiros da melhor maneira”, finalizou.

Goulart ainda afirmou que está disponível para atuar na posição que Fábio Carille precisar, porém, a probabilidade é que o camisa 10 não faça sua estreia contra a Inter de Limeira no próximo dia 23, quarta-feira. O jogador ainda espera por uma definição de documentação da China e vive a esperança de atuar contra o Botafogo de Ribeirão Preto.

Jornalista graduado pela Universidade FiamFaam. Santista, romântico da bola e amante do futebol varzeano. Colaborador no Cancha Santista e colecionador em transmissões na Equipe Líder, Rede Continua e Rádio Prorrogação

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol