Conecte-se

Bastidores

Novo 10 da Vila. Santos anuncia a contratação de Ricardo Goulart

O Santos anunciou nessa terça-feira (11), a contratação do meia-atacante Ricardo Goulart, de 30 anos, que estava livre no mercado após rescindir seu contrato com o Guangzhou Evergrande (CHI).

Após fracasso nas negociações com os meias Rodriguinho, que foi para o Cuiabá, e Nathan, emprestado ao Fluminense, o Peixe enfim achou o “dono” da camisa 10, e viu em Goulart, uma contratação de peso para as próximas duas temporadas, quando se encerra seu contrato, em 2023.

Para fechar com o camisa 10, o Alvinegro Praiano ofereceu cerca de R$500 mil de salário, menos do que ele recebia na China, e para que chegassem entorno do que o jogador havia pedido, mesmo que já houvesse uma diminuída salarial, juntamente com o departamento de marketing, o presidente Andres Rueda, e o executivo de futebol Edu Dracena apresentaram em uma reunião realizada nessa quinta-feira (6), um projeto de marketing para Ricardo, que consistia em utilizá-lo como “garoto-propaganda”, receber uma parte da venda do Fan Token, além de bônus na venda de camisetas com seu nome.

Um ponto forte também, foi a vontade de Goulart em vestir o manto santista e as boas conversas entre o jogador, seu empresário, Paulo Pitombeiras, e Edu Dracena, que foi o principal responsável por conduzir as negociações.

O meia-atacante também estava na mira do Internacional, que entrou na briga com o Santos, mas que não avançaram, já que o empresário do camisa 11 prefere resolver com o Peixe antes de, caso não se concretize, abrir negociações com um novo clube e evitar possíveis “leilões”.

Sem clubes desde que rescindiu seu contrato com o Guangzhou Evergrande, Goulart até chegou a abrir negociações com o Fluminense no fim de 2021, mas que não houve avanços e o clube carioca desistiu da transferência.

Em sua carreira, onde começou pelo Santo André (2009-2011), já passou por Internacional (2011), Goiás (2012), Cruzeiro (2012-2014), Guangzhou Evergrande (2015-2021), Palmeiras (2019) e Hebei Fortune (2020). Ao todo, disputou 344 jogos, marcou 148 gols e deu 54 assistências.

O camisa 10 também já foi campeão Gaúcho (2011) e da Recopa Sul-Americana (2011) pelo Internacional, campeão Goiano (2012) e da série B (2012) pelo Goiás; bicampeão Brasileiro (2013 e 2014) e campeão Mineiro (2014) pelo Cruzeiro; tricampeão Chinês (2015, 2016 e 2017), bicampeão da Supercopa da China (2016 e 2017), campeão da Liga dos Campeões da Ásia (2015) e da copa da China (2016) pelo Guangzhou.

Ricardo Goulart é o terceiro reforço do Santos para a temporada, que já conta com o meia Bruno Oliveira, que veio por empréstimo da Caldense, e o zagueiro Eduardo Bauermann, livre no mercado após fim de contrato com o América Mineiro. Apesar disso, o Peixe ainda deve ir atrás de mais dois ou três nomes para fortalecer o elenco para as competições.

Estagiário no Meu Peixão e futuro Jornalista.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Bastidores