Conecte-se

Colunas

Tá Tranquilo, Tá Favorável? MC Bin Laden conta suas histórias sobre o Clássico Alvinegro

Ele é cantor, compositor e santista apaixonado. MC Bin Laden leva a música no coração, mas o Santos Futebol Clube na alma. Quem o segue nas redes sociais, sabe que ele comenta – e muito – sobre o Alvinegro da Vila. Não só isso, o rapaz adora assistir aos jogos no meio da torcida. Como você já “tá ligado”, hoje tem clássico e ele nos contou histórias irreverentes que passou torcendo pelo nosso Santos no estádio do Pacaembu.

O primeiro perrengue do cantor foi em 2018, pelo Campeonato Paulista, naquele empate em 1 a 1 – com gol anotado por Diogo Vitor. Ele conta que foi ao jogo com dois amigos, sendo um deles seu produtor – que não é de frequentar estádio. Mas qual o problema da história toda? Bom, MC Bin Laden tinha show marcado depois do jogo e o tempo que ele tinha reservado para sair, trocar de roupa e ir ao show era pouco. “Só tinha 4 horas entre assistir ao jogo e me aprontar para o show. Eu contava com as duas horas do jogo, uma hora para me trocar e o resto para chegar ao local do evento. Só que nesse dia acabou a luz no Paca e demorou quase CINQUENTA minutos pra voltar. Meu produtor tava “p” da vida com o atraso que aconteceu no jogo”.

O funkeiro ainda disse que “só ia embora quando o jogo acabar”, já que o Santos estava perdendo e ele torcia pelo empate. Sorte a dele que ficou para ver o restante do jogo. Ah, e o show? Ele afirmou que deu tempo. Chegou em casa, trocou de roupa e contou com ajuda do motorista que “correu” para não atrasar. Ufa! Pelo menos não perdeu o cachê ou o “belo” cachê como disse o MC.

Foto: Facebook/MC Bin Laden

O segundo perrengue foi um “perrengue de amor”. Ou não. O santista também conta que o segundo jogo foi em 2019, semifinal do Campeonato Paulista (clássico que Gustavo Henrique fez gol de cabeça, mas perdemos nos pênaltis). “Eu passei o mês inteiro paquerando uma moça, e no dia que ela tava livre pra ficar comigo, era clássico contra o Corinthians”. O que você acha que ele fez? Foi ao jogo e marcou com a moça pra depois da partida. “Santos perdeu e disse que ia num horário, só que eu tava dentro do estádio. A minha ideia era trocar de roupa dentro do carro e ‘trombar’ a gata”, contou.

A moça – ansiosa – perguntou várias vezes pelo cantor no WhatsApp e descobriu que ele estava no jogo do Santos pelo Instagram. “Ela me bloqueou”, contou o cantor aos risos. “Pior de tudo é que o Santos foi eliminado nos pênaltis. Vida que segue”, disse Bin Laden.

E você? Qual história marcante tem pra contar envolvendo o “Clássico Alvinegro”? Deixa aí nos comentários. Ah, não me esquecendo, MC Bin Laden gravou um clipe muito legal em homenagem ao Santos. Confira: https://youtu.be/jew5ZGiDb2A

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Colunas