Conecte-se

Mantos Históricos

1913: O Mundo começa a ser pintado de branco e preto

Se hoje torcemos pelo maior Alvinegro da história do futebol, deve-se ao Sr. Paulo Peluccio.

Como vimos no post anterior aqui na nossa coluna, o primeiro uniforme do Santos Futebol Clube era listrado em azul e branco com finos frisos dourados entre as listras, porém, devido a dificuldade de confeccionar os uniformes neste modelo, o Sr. Paulo Peluccio no dia 31 de Março de 1913, fez a sugestão que mudaria a partir daí a história do futebol mundial, tornar o Peixe alvinegro, transformar o uniforme listrado em azul e branco com detalhes dourados em um uniforme branco e preto.

“Preto e Branco. O preto da nobreza e o branco da paz” teria sugerido assim o Sr. Peluccio, segundo o próprio site do clube. A estreia do uniforme alvinegro não poderia ser melhor, jogo em São Vicente contra o São Vicente Athletic Club e vitória por 5 a 0. Esse jogo foi realizado em comemoração aos 25 anos da Lei Áurea, lei que concedeu a liberdade absoluta aos escravos que por ventura ainda viviam no Brasil. Percebemos que desde os primórdios, o clube tem um laço histórico forte com a raça negra.

Nesse jogo, o Santos foi a campo com: Fauvel, Geraule, Eurico e Esmeraldo; Raymundo Marques, Urbano Caldeira, Nilo, Machado e Arnaldo Silveira. Urbano Caldeira também atuou como técnico da equipe. – Escalação retirada do site oficial do clube.

Em 2007, a Umbro lançou o segundo modelo da coleção retrô. A camisa era listrada em branco e preto, mantendo o escudo atual centralizado, e o escudo usado entre 1913 e 1915 no canto superior esquerdo da camisa. Este modelo também foi sucesso de vendas e além do retorno financeiro, tanto o modelo azul e branco quanto o alvinegro geraram um interesse maior da torcida pela história do clube.

Foto: arquivo pessoal

Continue a seguir nossa coluna que no próximo post iremos entrar na década de 20 e conhecer o manto do ataque dos 100 gols.

Meu nome é Welton Franco, sou natural de Araraquara-SP, formado em Educação Física, trabalho como gestor e técnico de um projeto de voleibol. Santista desde os 5 anos por influência de meu primo, coleciono camisas do Santos FC desde 2013 e pretendo não apenas mostrar a coleção, como também parte da história do clube ligado a cada modelo.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Mantos Históricos