Conecte-se

Colunas

Santos e Benfica: uma relação antiga

Um foi fundado na cidade litorânea de Santos em 1912, o outro nasceu na cidade costeira de Lisboa em 1904. Santos e Benfica são duas das maiores equipes de seus países, tendo uma relação de mais de seis décadas.

 

O Alvinegro Praiano e as Águias tiveram seu primeiro embate em 23 de julho 1957, em amistoso realizado na Vila Belmiro, onde o Peixe venceu por 3 a 2.

 

Alguns anos depois, em 1961, o Santos de Pelé goleou o Benfica de Eusébio por 6 a 3, no Torneio de Paris. Vale destacar que o Benfica era o atual campeão europeu, tendo derrotado o Barcelona por 3 a 2 na final da Taça dos Campeões Europeus de 1960-61.

 

No ano seguinte, o Santos sagrou-se campeão da Copa Libertadores da América e enfrentou o Benfica, agora bicampeão europeu, na final do Mundial.  Na partida de ida, o Peixe derrotou os Encarnados por 3 a 2 no Maracanã, resultado que os portugueses comemoraram, pois davam como certa sua vitória em Lisboa. Porém, os portugueses se esqueceram de um detalhe: do outro lado estava aquele que seria um dos maiores esquadrões da história do futebol. Na partida de volta, com uma das maiores atuações do Santos e de Pelé, o Peixe goleou as Águias por 5 a 2, conquistando seu primeiro título mundial.

 

Pelé anotou um hat-trick na partida de volta do Mundial de 1962. Coutinho e Pepe também deixaram os seus.

 

Em 1966, o Santos de Pelé goleou o Benfica por 4 a 0 no Torneio de Nova York, uma partida com sentimento de vingança para os brasileiros, que foram eliminados na Copa do Mundo de 1966 após derrota para Portugal na fase de grupos. Toninho marcou aos 16 minutos; Edu aos 58 e aos 64 minutos e Pelé fechou o placar aos 76 minutos de partida.

 

Pelé e Eusébio tinham grande rivalidade dentro de campo. (Foto: AFP)

 

Dois anos depois, o Alvinegro Praiano enfrentou o Glorioso em duas oportunidades, mantendo sua invencibilidade. A primeira partida aconteceu no Pentagonal de Buenos Aires, com um placar de 4 a 2 para o Peixe; o segundo jogo foi um amistoso em Nova York, partida que acabou empatada em 3 a 3.

 

Passadas quase cinco décadas sem um confronto entre as equipes, o Benfica foi convidado para um amistoso em Santos, em comemoração aos 100 anos da Vila Belmiro. A partida terminou empatada em 1 a 1.

 

Léo, ídolo do Santos e do Benfica, foi homenageado na partida. (Foto: Flickr Santos FC)

 

A partida também ficou marcada por homenagens, contando com a participação de Giovanni e de Léo.

 

Contudo, a antiga relação entre Santos e Benfica não ficou marcada apenas pelos grandes entre as equipes. Diversos negociações ocorreram entre as equipes, de maneira que alguns atletas santistas foram negociados com os Encarnados nos últimos anos.

 

O zagueiro André Luís, revelado pelo Peixe em 2000, foi negociado com o Benfica em 2004. A passagem de uma das Torres Gêmeas foi desastrosa, tendo atuado em apenas uma partida e sido emprestado logo em seguida ao Olympique de Marseille.

 

Foto: Internet / Reprodução

 

Ainda em 2004, Paulo Almeida foi negociado com o Benfica. Pela equipe principal, o volante atuou em 6 partidas, pela equipe B foram 27 jogos e 1 gol.

 

O capitão santista na conquista do Brasileirão de 2002 se transferiu para o Benfica em 2004. (Foto: Jornal i – SAPO)

 

Em 2005, o lateral-esquerdo Léo foi negociado junto ao Benfica. Pela equipe portuguesa, Léo se tornou ídolo, tendo conquistado a Copa Dubai em 2007, o Torneio do Guadiana em 2007 e o Torneio Cidade de Guimarães em 2008. Em 2009, o Guerreiro da Vila deixou o Benfica e retornou ao Peixe.

 

Léo se tornou ídolo no Benfica. (Foto: Desporto Sapo / António Cotrim)

 

Na temporada de 2011, o Benfica emprestou o atacante Alan Kardec ao Santos. O atacante foi peça importante no elenco santista, tendo contribuído para a conquista do Campeonato Paulista de 2012.

 

Kardec foi peça importante do Santos no primeiro semestre de 2012. (Foto: Leonardo Soares / UOL)

 

Por fim, a mais recente negociação envolvendo as equipes ocorreu pelo zagueiro Lucas Veríssimo. O Menino da Vila foi vendido ao Benfica no começo deste ano, após grandes atuações pelo Alvinegro Praiano, tendo inclusive conquistado a Bola de Prata da última edição do Campeonato Brasileiro.

 

Lucas Veríssimo é a mais recente negociação entre Santos e Benfica. (Foto: TVi24)

 

Quais serão os próximos capítulos dessa história? Não perca as próximas postagens, onde serão abordadas diversas equipes europeias.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Colunas