Conecte-se

Bastidores

Gerente de Marketing do Santos com os dias contados

Marcelo Frazão trabalhou no Maracanã antes do Santos — Foto: Staff Images

Contratado pelo Santos no início da gestão de José Carlos Peres, Marcelo Frazão foi mantido por Rueda em um contrato de 90 dias, que termina na próxima quarta-feira (31).

Muito contestado pelo tão sonhado patrocínio Master, Frazão passou três anos culpando o ex-presidente Peres pela falta do patrocínio, segundo ele houve propostas mas o Presidente em exercício não quis aceitar os valores oferecidos pelo mercado.

Nabil Khaznadar, em entrevista ao Jornalista Wanderley Correa, em julho do ano passado, chegou a dizer que ofereceu ao Santos o patrocínio de um banco digital e também da Adidas para o uniforme.

Em 2019, Frazão comentou ao podcast do Santos no Globoesporte.com:

“Com a retirada da Caixa Econômica do mercado, você teve uma mudança no equilíbrio. Os valores caíram 1/3 do que era pela Caixa. Temos certeza que não valia a pena vender um patrocínio Master num valor tão baixo. Desvalorizaria a camisa inteira. Negamos propostas de bancos digitais, que existiram, e ocupamos todas as marcas possíveis do uniforme. Tem que ter equilíbrio dos outros valores.”

Com a chegada da SumUp, teria Marcelo Frazão seu contrato renovado?

Pelo que pude apurar, está nas mãos dele permanecer. Teria que se adequar ao teto máximo para sua função, seguindo as novas bases salariais do clube, o que lhe traria um corte de 50% do seu salário atual.

Além da questão financeira, o Gerente de Marketing precisaria mudar a forma de contratação, atualmente como PJ (Pessoa Jurídica) e passar para CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

Qual a sua avaliação sobre o trabalho do Frazão?

Eu sou nada e é isso que me convém.

2 Comentários

2 Comentários

  1. Floreal

    27 de março de 2021 às 17:04

    Quem traz dinheiro para o clube tem que ganhar mais. Outros que ficam circulando pelo Santos empregados por trabalhos anteriores,esses tem que ganhar menos. Quem rende para o clube tem que ter bom salário.

  2. Nathan

    27 de março de 2021 às 14:30

    Se agora ele não está mais ”amarrado” que ele desempenhe no máximo sua função, e se ele realmente participou dessa negociação já fica claro a mudança de pensamento da gestão.

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Bastidores

%d blogueiros gostam disto: