Conecte-se

Colunas

OPINIÃO – Elano deveria fazer parte da comissão técnica

Ídolo Elano comandou o Peixe de forma interina nas sete últimas rodadas do Brasileirão 2017, com três vitórias, três derrotas e um empate - Foto: Divulgacão/Santos FC

Elano foi campeão do Brasileirão, Libertadores, Recopa e Paulista pelo Santos. O ex-camisa 11 santista é ídolo do clube e tem muita identificação com os torcedores.

Hoje, o ex-jogador virou técnico e não está empregado. Começou a carreira no Santos como auxiliar, foi estudar, fez cursos, intercâmbios e até conheceu e conversou com Pep Guardiola (técnico do City). Por aqui, treinou – além do Santos de forma interina – a Inter de Limeira e Figueirense.

O Santos, como todos sabem, tem equipe muito jovem e nossos meninos precisam de alguém como referência, seja no campo ou na comissão técnica. Alguém que eles tenham visto jogar ou tenham como ídolo. Elano poderia ser o nome para fazer parte da comissão técnica. Aliás, as gestões anteriores perderam muito tempo em não contar com Elano. O jovem treinador deveria ser integrado ao clube para que fosse aprendendo com Sampaoli ou Cuca.

Agora, mais do que nunca, é o momento de Elano fazer parte comissão técnica para aprender com Holan e, futuramente, ter espaço como treinador principal. Hoje, temos Marcelo Fernandes auxiliando Holan, mas quando os técnicos saem ou são demitidos do Santos, a torcida tem Fernandes como favorito pra assumir? Não! O clube precisa de algum auxiliar para assumir de forma efetiva quando o Peixe precisar. Técnico de futebol também deve ser “feito em casa”. Além de jogadores, o Santos tem que ser fábrica de grandes treinadores. Gostaria de ressaltar que não podemos viver com auxiliares “tapando buraco”. Eles precisam dirigir o time em algum momento. Por isso, repito, se Elano for bem preparado, o Santos pode ter um grande treinador feito em casa e com identificação com os jovens jogadores. 

A nova escola de técnicos pode dar muito resultado. No Fortaleza, Rogério Ceni é ídolo e foi campeão com o clube do Nordeste. Recentemente, campeão do Brasileirão com o Flamengo. Indo pra Europa, Zidane foi campeão de tudo com o Real Madrid. E, Elano, já na época de jogador tinha esse “perfil” mais técnico – assim como os dois citados acima.

Eu investiria no Elano. Acredito que ele possa ser o futuro do Santos na “posição” de técnico principal. Vale a pena investir no Elano. Vale a pena ter os ídolos da nova geração por perto. #BoraSantos!

2 Comentários

2 Comentários

  1. Floreal

    10 de março de 2021 às 16:57

    Penso que o Marcelo Fernandes será demitido, se o Elano concordar em ganhar bem menos que o Marcelo ganha poderá ser contratado

    • Luis Cláudio Augusto

      11 de março de 2021 às 08:46

      Acho uma ótima idéia termos Fernandes e Elano como auxiliares pegando ainda mais experiência para no futuro ajudae nosso SANTOS

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Colunas

%d blogueiros gostam disto: