Conecte-se

Futebol

Sánchez realiza trabalho intensivo no Santos, mas deve ficar fora até junho

O meia Carlos Sánchez deve estar à disposição do técnico Ariel Holan somente no começo de junho. O Santos faz um trabalho intensivo com o uruguaio no gramado, visando no momento o ganho de massa muscular do atleta.

Além de correr no campo, Sánchez também trabalha a parte aeróbica do corpo na academia e na piscina do CT Rei Pelé. Pelo tratamento ser mais forte, o camisa 7 faz os exercícios físicos em apenas um período. No entanto, responde bem ao tratamento.

>Veja mais notícias do Santos clicando aqui

Sánchez rompeu o ligamento do joelho contra o Olimpia, do Paraguai, em outubro do ano passado. A lesão é uma das mais sérias, portanto, o departamento médico do Santos adota cautela pelo retorno do jogador, além da idade elevada – o jogador tem 36 anos.

É a mesma lesão de Jobson, que também realiza os mesmos trabalhos de Sánchez. O empenho do volante do Santos tem sido elogiado pelo departamento médico do clube, mas ainda não há uma data estipulada para seu retorno.

Formado em jornalismo pela Universidade Católica de Santos. Colaborou para o GloboEsporte.com, LANCE! e Esporte News Mundo.

1 Comentário

1 Comentário

  1. Ytirosan

    26 de março de 2021 às 13:44

    QUEM AVISA, AMIGO É! – Por todas séries de elementos contidas nesta contusão, e os complicadores que envolvem um atleta de 36 anos, SE Carlos Sanchez faltar com a Gratidão com o Santos, não renovar DENTRO DA ATUAL REALIDADE FINANCEIRA, é bom ir fazendo as malas pro Uruguai, porque perderá todo o sossego por aqui!

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol

%d blogueiros gostam disto: