Conecte-se

Futebol

Ângelo, do Santos, se torna jogador mais jovem a marcar na história da Libertadores

O atacante Ângelo fez história mais uma vez pelo Santos. Ao fazer o terceiro gol da vitória sobre o San Lorenzo, por 3 a 1, nesta terça-feira, no Nuevo Gasómetro, pelo jogo de ida da terceira fase da Pré-Libertadores, o Menino da Vila se tornou o jogador mais jovem a marcar na história do torneio continental.

Ângelo conseguiu o feito com 16 anos, três meses e 16 dias. Ele superou o ex-atacante Juan Carlos Cárdenas, do Racing, da Argentina. Ele tinha balançado as redes com 16 anos, sete meses e dois dias. Kaiky Fernandes está na terceira posição, mas já com 17 anos.

O Menino da Vila já havia sido o segundo jogador mais jovem a estrear pelo Santos, com apenas 15 anos. Isso ocorreu no ano passado, na derrota para o Fluminense, no Maracanã, pelo Brasileirão. No quesito, ele fica atrás somente do ex-atacante Coutinho, que participou do ataque emblemático com Pelé, Pepe, Dorval e Mengálvio.

O Santos encaminhou a vantagem com a vitória sobre o time argentino. O próximo duelo entre as equipes acontece na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília), no Mané Garrincha, em Brasília. O Peixe pode empatar ou até perder por 2 a 0.

Formado em jornalismo pela Universidade Católica de Santos. Colaborou para o GloboEsporte.com, LANCE! e Esporte News Mundo.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol