Conecte-se

Bastidores

Ex-Conselheiro do Santos faz alerta sobre Arena da WTorre

O ex-Conselheiro do Santos, Vágner Lombardi, fez um alerta, em live do Meu Peixão, sobre a arena que o clube pode vir a construir em parceria com a WTorre.

De acordo com Lombardi, o estádio apresentado exigiria um terreno maior do que o da Vila Belmiro e para existir, a calçada e a rua deveriam ser desafetadas, precisando de autorização dos órgãos públicos competentes para erguer a obra. Como ruas e calçadas são de utilidade pública, o terreno terá de passar por uma desafetação, que deve ser feita por projeto de lei (PL), onde deve existir a contrapartida que o Santos dará ao município pela utilização do espaço público.

Lombardi ainda explica que, para ele, o projeto da nova arena é um dos mais modernos do mundo. No projeto, o círculo central do gramado se eleva e vira um palco para a realização de show, além de destacar o fato de que a arena viria a ter uma cúpula, permitindo que fosse completamente encoberto, o que também encareceria a obra em 50% do preço original.

>Veja mais notícias do Santos clicando aqui

O ex-Conselheiro fez questão de ressaltar também a questão do seguro relativo ao projeto. Na proposta inicial apresentada, existe o seguro, mas apenas a WTorre seria beneficiária. Lombardi ressalta que o Santos terá o seu estádio colocado no chão e, caso acontecesse algo com a empresa, não teria direito ao seguro para que a Vila Belmiro fosse reconstruída.

Por fim, alertou para que exista um acordo prévio com o Ministério Público, fazendo um comparativo com o Allianz Parque. No projeto, a WTorre diz que derrubará completamente a Vila Belmiro, enquanto no antigo Palestra Itália foi deixada uma parte da arquibancada para que fosse considerada como reforma e houvessem muito menos exigências por parte do MP. Uma nova construção requer, por exemplo, toda viabilidade do sistema viário.

Confira abaixo o vídeo da live com o ex-Conselheiro do Santos Vágner Lombardi na íntegra:

21 anos, estudante de Jornalismo na UNISANTA. Apaixonado pelo jornalismo, fanático por futebol.

3 Comentários

3 Comentários

  1. Ubirajara Cortez

    24 de abril de 2021 às 23:51

    Muito importante esse seguro que o Clube deva ter, no caso da WTorre por alguma razão parar as obras, após derrubar o Urbano Caldeira. Devemos considerar essa questão.

  2. Fenano Fefo

    23 de abril de 2021 às 17:19

    como uma cúpula sozinha encarece o custo da obra em 50%?? Essa aí não tem a menor ideia do que fala, e outra, o Santos não vai pagar 1 centavo da obra

    Se ele quiser ficar preso ao passado, num estádio velho e pequeno, tudo bem. Já passou na hora do Santos ter um estádio à altura

  3. Floreal

    23 de abril de 2021 às 11:36

    Famosa turma do não da nossa cidade,e do nosso clube. Pensam o SFC como se fosse o Ponte Vermelha clube de bocha. Atrelado ao suposto conhecimento sempre carrega o atraso em seus pensamentos

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Bastidores

%d blogueiros gostam disto: