Conecte-se

Bastidores

Quaresma nega polêmica do “bicho” e revela pendências e diálogo com elenco

O membro do Comitê de Gestão do Santos responsável pelo futebol, José Renato Quaresma, negou, no Pauta Quente desta segunda-feira (26), transmitido pelo Meu Peixão, a polêmica do “bicho”, de que houve um corte na premiação por vitórias ao elenco, que, por sua vez, teria ficado insatisfeito. O gestor foi taxativo: “Não tem nada a ver. Nada a ver“.

Quaresma negou qualquer tipo de insatisfação no elenco e que tudo foi acordado com o elenco.

Tudo está acordado com eles. Conversas que estão aparecendo aí, que teve cobrança do elenco e que teve retaliação dos atletas, isso tudo não é verdadeiro.“, ressaltou o membro do CG, antes de revelar as pendências com o elenco.

O que tem em aberto é metade da premiação do jogo contra o Boca e algumas imagens“, disse.

Quaresma também falou sobre o atraso nos salários de jogadores que ganham acima de R$ 100 mil, conforme noticiado pelo UOL Esporte, e negou que as pendências tenham influenciado na saída do técnico Ariel Holan.

Isso não incomodou ninguém. Já tinha acontecido no mês passado e os atletas falaram para, caso houvesse uma definição no mesmo mês, priorizarmos os que ganhassem menos e depois pagássemos aqueles que ganham mais. Eles foram solidários ao clube“, revelou.

Com a premiação pela classificação contra o Boca, em janeiro, ainda parcialmente em aberta, o Santos volta a enfrentar a equipe argentina nesta terça-feira (27), às 21h30, na Bombonera, pela Libertadores. O Peixe está na última colocação de seu grupo após a derrota por 2 a 0 para o Barcelona de Guayaquil, do Equador, na Vila Belmiro na primeira rodada. Uma derrota na partida contra o Boca Juniors complicaria as pretensões do clube na competição continental, da qual é o atual vice-campeão.

21 anos, estudante de Jornalismo na UNISANTA. Apaixonado pelo jornalismo, fanático por futebol.

2 Comentários

2 Comentários

  1. Eduardo Ribeiro Filetti

    27 de abril de 2021 às 22:50

    Vamos SFc ,Ariel queria jogar tofos os jogos com molecada ,pouoava.muito e aconteceu …..jogar com 3 Zagueiros e muitos jovens promissores no time .Colocar os.meninos aos poucos e não tofos juntos !!! lamentável quase queimou a base

  2. Floreal

    27 de abril de 2021 às 11:52

    No pay no game! Jogador de futebol, não é funcionário da saúde, que mesmo ganhando pouco e muitas vezes com atraso continuam na batalha.

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Bastidores

%d blogueiros gostam disto: