Conecte-se

Futebol

Confira seis destaques do Santos que não tiveram o mesmo rendimento em rivais

A rotina de idas e vindas de jogadores em um grande clube de futebol é alucinante. Muitos jogadores chegam e vão embora, e no Santos não é diferente. Alguns se destacam e se tornam peça chave da equipe, desde jogadores contratados como os que vieram da base. Pensando nisso, o Meu Peixão lista seis jogadores que tiveram boa fase com a camisa do Peixe, mas que não conseguiram repetir o bom futebol quando saíram.

Vitor Bueno

Jogou no Santos entre 2015 e 2019, vindo do Botafogo-SP, até ser emprestado ao Dínamo de Kiev (Ucrânia) e depois se transferir em definitivo para o São Paulo.

Teve seu auge com a camisa do Peixe em 2016, quando se tornou titular absoluto, foi um dos melhores jogadores daquela temporada e conquistou o Campeonato Paulista daquele ano. No meio de 2017, o meio-campo rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito, e desde então, nunca mais foi o mesmo. No São Paulo, Vitor Bueno alterna entre bons e maus jogos, mas nunca conseguiu repetir as boas atuações e se tornar titular absoluto da equipe paulista.

Foto: Ivan Storti/Santos FC

Gustavo Henrique

Um dos pilares da zaga santista nos últimos anos, Gustavo foi considerado um dos melhores do Brasil na sua posição. Bicampeão Paulista pelo Santos (2015 e 2016), Gustavo sempre teve boas atuações, desde as categorias de base, se tornou titular do Peixe em 2015 e seguiu, mesmo após a lesão de ligamento cruzado em 2016.

No final de 2019, o zagueiro não renovou seu contrato com o Santos e assinou com o Flamengo. Desde quando chegou à Gávea, Gustavo Henrique foi muito contestado pela torcida do time carioca e se tornou reserva, perdendo posição, inclusive, para o volante Willian Arão.

Foto: Ivan Storti/Santos FC

Vanderlei

Dono da meta santista entre 2015 e início de 2019, Vanderlei é considerado por muitos torcedores como um dos melhores goleiros do Santos, e do Brasil, nos últimos anos. Vandeco (apelido dado por torcedores) veio contratado do Coritiba e é recordado por grandes atuações, salvando o Peixe em diversas ocasiões. Um dos lances mais memoráveis, foi a defesa de pênalti que Vanderlei fez contra o Independiente, na Libertadores de 2018.

De cotado para ir à Copa do Mundo de 2018, Vanderlei amargou a reserva no time do Grêmio, e viu o contestável goleiro Paulo Victor ser o titular na decisão da Copa do Brasil. O ex-camisa 1 do Santos, recentemente, foi contratado pelo Vasco para a disputa da série B.

Foto: Ivan Storti/Santos FC

Zeca

Um lateral-direito que fez sucesso jogando justamente no lado esquerdo, Zeca jogou no Santos de 2015 até 2017 e era titular incontestável da lateral-esquerda. Em 2017, o time e o lateral caíram de rendimento, e ele foi um dos alvos de protestos da torcida. Em um desses protestos, Zeca disse que sofreu ameaça de torcedores e pediu para ser afastado do clube. Desde então, a carreira do lateral foi “por água abaixo”.

Zeca tentou forçar uma transferência para o rival Corinthians, que no fim não ocorreu, e depois foi contratado pelo Internacional, chegando com status de titular. No Inter, não conseguiu se firmar e foi emprestado ao Bahia em 2020. Nessa temporada, é reforço do Vasco para a disputa da Série B, onde reencontrou Vanderlei.

Foto: Ivan Storti/Santos FC

Marquinhos Gabriel

Dos listados, foi o que teve passagem mais curta pelo Santos, jogou apenas um ano (2015) mas foi o suficiente para ser um dos destaques da reta final da temporada e deixar saudade no torcedor.

Marquinhos veio por empréstimo do Al-Nassr, da Arábia Saudita, e até chegou a negociar uma transferência em definitivo, mas acabou indo para o Corinthians no ano seguinte. Desde 2016, o ponta passou pelo time da capital, Al-Nasr, do Emirados Árabes, Cruzeiro e Athlético Paranaense, mas nunca conseguiu repetir as boas atuações que teve com a camisa santista. Também foi um dos contratados pelo Vasco para a disputa da Série B.

Foto: Divulgação/Santos FC

Lucas Lima

Talvez seja o que teve um auge maior, brilhou com a camisa 20 (usou a 10 quando Gabriel Barbosa saiu) entre 2014 e 2017, vindo do Internacional após boa temporada por empréstimo no Sport, mas seu melhor momento foi nas temporadas de 2015 e 2016, sendo, inclusive, convocado para a Seleção Brasileira para a disputa de amistosos e da Copa América.

Lucas Lima sempre esteve envolvido em polêmicas dentro e fora de campo, principalmente provocando os rivais. Em 2017, resolveu não renovar com o Santos e se transferiu de graça para o Palmeiras. No time da capital, chegou com status de estrela e principal jogador do meio de campo, mas logo perdeu a titularidade e hoje é mais uma peça no vasto elenco do técnico Abel Ferreira, sem conseguir reproduzir o alto nível apresentado pelo Peixe e que lhe rendeu, inclusive, rumores de uma ida ao Barcelona.

Foto: Ivan Storti/Santos FC

Lembrou de mais algum jogador que aconteceu o mesmo? Deixe nos comentários!

Estagiário no Meu Peixão e futuro Jornalista.

1 Comentário

1 Comentário

  1. Ademir Peteira Nogueira

    17 de maio de 2021 às 10:32

    Alemão, Renatinho, Neilton etc, etc.
    Virou as costas pro peixe, cai em desgraça

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol

%d blogueiros gostam disto: