Conecte-se

Futebol

Diniz destaca goleiros do elenco do Santos e indica preparo para saída de jogo

O técnico Fernando Diniz concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira (13) após o treinamento da equipe no CT Rei Pelé.

O comandante alvinegro comentou a disputa pela titularidade no gol alvinegro, que atualmente conta com João Paulo, John e Vladimir para a função, e indicou que fará um trabalho para prepará-los para a saída de jogo.

A gente está bem servido de goleiro aqui. Acho que o João Paulo fez uma excelente temporada, John e Vladimir também. Nossa intenção é potencializá-los para jogarem cada vez melhor com os pés, além de serem excelentes  goleiros com as mãos“, explicou.

Questionado sobre sua filosofia de jogo e sobre riscos que se corre na saída de bola, Diniz explicou e pontuou que, quando dá certo, a proposta é esquecida e vista como natural, mas quando algo não sai como previsto, é algo que não se deve fazer.

Isso faz parte do meu trabalho há 11 anos. De maneira especial no Brasil, se você sai jogando de lá trás e faz 10 gols, isso é esquecido e parece natural. Não foi porque você trabalhou a saída, atraiu o adversário, os jogadores tiveram coragem, sincronismo e qualidade, isso quase nunca é valorizado ou pouco valorizado. Quando você toma um gol pela saída, aquilo é um troço que a gente nunca vai poder fazer, que é para europeu. É uma convicção que eu tenho. E trabalhamos muito para que aconteça de maneira positiva. E os jogadores têm o poder de decisão para ter o feeling e saber quando podem sair jogando ou não. É uma ferramenta que acredito de maneira enfática que contribui para ganhar, além de melhorar a estética do jogo. Vamos implementar aqui, e cada vez melhor“, ressaltou.

Para defender a forma de trabalho das críticas, Diniz usou como exemplo o trabalho que realizou no São Paulo, onde ficou de setembro de 2019 até o início de fevereiro de 2021.

No São Paulo, quando a gente teve nossa primeira descida, que foi quando saiu da Libertadores, era o mesmo tipo de crítica. Quando a gente fez quatro, cinco gols saindo com goleiro e o time abriu sete pontos na liderança do Brasileirão, jogando daquela forma, todo mundo encantado, falando que era o melhor time do Brasil, que jogava bonito. E depois teve um momento onde entregamos um ou dois gols dessa forma e passamos a ser criticados. Temos que analisar o todo e o que representa. E, na minha opinião, é uma ferramenta para ser utilizada e aumentar nossas chances de vencer o jogo“, exaltou.

O Santos volta a campo na próxima terça-feira (18), às 19h15, contra o The Strongest, e deverá ter Marcelo Fernandes na beira do gramado, já que Diniz foi expulso em sua estreia e deverá cumprir suspensão.

 

21 anos, estudante de Jornalismo na UNISANTA. Apaixonado pelo jornalismo, fanático por futebol.

1 Comentário

1 Comentário

  1. Ademir

    14 de maio de 2021 às 07:39

    Diniz, vc não vai ter a sua mãe (Raí), ai no peixe….. não faça besteira!!!!

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol

%d blogueiros gostam disto: