Conecte-se

Política

Mais de 40 conselheiros eleitos podem assumir cargos na Comissão de Inquérito e Sindicância

Com a Comissão de Inquérito e Sindicância (CIS) demissionária após a polêmica em torno do arquivamento do processo relativo a reprovação das contas de 2014 do ex-presidente Odílio Rodrigues, o Conselho Deliberativo do Santos está sem uma das suas comissões mais importantes em ação.

Depois da recusa do conselheiro nato, Esmeraldo Tarquínio Neto, em assumir o mandato, após ser convidado pelo presidente Celso Jatene, muitos conselheiros acham que apenas membros efetivos ou natos do órgão estariam aptos a integrar esta importante comissão, que tem por obrigação investigar e sugerir punições a atos diversos dentro do clube. Mas estão errados. Existem, pelo menos, 41 conselheiros eleitos na Chapa de Andres Rueda em 2020 (União pelo Santos) aptos para integrar comissões, pois já tiveram mandato no órgão.

A dúvida surgiu quando a saída da CIS tornou-se pública, através de um áudio do conselheiro eleito Nabil Khaznadar, dando um “pito” nos conselheiros que questionaram o arquivamento do processo das contas de Odílio Rodrigues. Candidato a presidente último colocado nos pleitos de 2014 e 2017, Khaznadar foi um dos articuladores da União pelo Santos. Seu grupo emplacou três membros no Comitê de Gestão de Rueda: Ricardo Campanário, José Berenguer e Walter Schalka.

Nabil diz no áudio: “Então o que vai acontecer se fosse sair fora, quem vai assumir? Ai vão passar a mão no resto (Sic). Os caras não conseguem entender isso. É impressionante os caras conseguem só olhar o que tá na frente. Se a CIS for embora, só podem entrar efetivos, não pode entrar ninguém em primeiro mandato. Leiam o Estatuto antes de tomarem decisões, pelo amor de Deus, intempestivas. O que que é isso? Desculpa, mas eu não admito certas coisas. Vou falar com o doutor Michel Zamari (Presidente da CIS demissionário), se for verdade essa notícia vou tentar demover ele dessa, dessa. Não dá. É uma pena viu”.

Porém, Nabil não conhecia a chapa que ajudou a criar. Existem 41 nomes aptos, entre os eleitos, que podem ocupar cargos na CIS por já terem mandatos anteriores no Conselho. Destes, 25 conselheiros que exerceram o mandato no triênio passado (2018- 2020). Entre esses, seis eleitos na Chapa de José Carlos Peres e Orlando Rollo, oito na Chapa de Andres Rueda e José Renato Quaresma e 11 eleitos na Chapa Santos Gigante, de Modesto Roma Júnior. Apesar de ter eleito mais de 60 conselheiros em 2017, apenas oito seguiram com Rueda em 2020. Entre os conselheiros reeleitos surpreende que a maioria fosse conselheiro eleito pela Chapa de Modesto Roma Júnior em 2017 (11). Outros 16 conselheiros já exerceram mandatos em outras gestões, principalmente de Luiz Álvaro e Marcelo Teixeira.

O Conselho Deliberativo do Santos tem cerca de 300 conselheiros. Além desses 41 conselheiros eleitos, existem outros 10 conselheiros natos e 81 conselheiros efetivos somando 132 conselheiros aptos a integrarem a CIS que não estão em nenhuma outra atribuição no clube. Difícil entender a dificuldade em nomear uma nova CIS diante quase metade do Conselho apto para integrar essa comissão

Conselheiros no último triênio 2018-2020

1 – Anderson Aparecido Alves de Almeida
Operador de Turismo. Eleito na Chapa 1 Somos todos Santos (José Carlos Peres/Orlando Rollo) em 2017 era “Peresista” de carteirinha, mas virou para o lado de Orlando Rollo antes do primeiro impeachment. Foi candidato na Chapa de Peres em 2014 também mas não se elegeu.

2 – Diego Oliveira Turato
Evangelizador e escritor. Eleito na Chapa 1 Somos todos Santos (José Carlos Peres/Orlando Rollo) em 2017 assinou todas as proposituras de impeachment contra Peres. Ligado a Orlando Rollo, foi secretário do Comitê de Gestão na gestão de transição. Hoje está rompido com Rollo. Foi candidato a conselheiro na Chapa de Modesto Roma em 2014 mas não se elegeu.

3 – Halan Leno Borges Dias
Empresário do setor de tecnologia para Educação. Gestor de TI com 23 anos de experiência em tecnologia da informação, consolidada em grandes empresas nacionais e atualmente há 17 anos na IBM do Brasil, liderando contas internacionais com foco em infraestrutura de tecnologias distribuída e mainframe. Eleito na Chapa 1 Somos todos Santos (José Carlos Peres/Orlando Rollo) em 2017.

4 – Kleydimilson Junior de Oliveira Silva
Empresário do setor de alimentação em São Vicente. Eleito na Chapa 1 Somos todos Santos (José Carlos Peres/Orlando Rollo) em 2017. É ligado a Diego Turato e ao deputado estadual Caio França, ex-gestor da gestão Orlando Rollo. Assinou proposituras de impeachment contra Peres. Foi um dos conselheiros que pediram que os ingressos para a final da Libertadores 2020 fossem dados a conselheiros.

5 – Leonardo Megale Silva
Eleito na Chapa 1 Somos todos Santos (José Carlos Peres/Orlando Rollo) em 2017 é ligado ao grupo de Orlando Rollo. Assinou proposituras de impeachment contra Peres.

6 – Oscar Cesar Leite Júnior
Arquiteto paulistano. Seu pai, Oscar Cesar Leite foi contador do Santos por anos. Eleito na Chapa 1 Somos todos Santos (José Carlos Peres/Orlando Rollo) em 2017 é ligado a José Carlos Peres sendo um dos que sempre votaram contra os pedidos de impeachment do ex-presidente.

7 – Daniel Caldeira Brant
Jovem mas já tem um mandato. Eleito na Chapa 3 Santástica União (Andres Rueda/ José Renato Quaresma) em 2017 é ligado a Vitor Sion e ao grupo Cacharia Santista. Foi membro do Conselho Fiscal e renunciou após sofrer ameaças.

8 – Fabio Eduardo Gonçalves Sartori
Profissional de TI no ABC. Está em seu segundo mandato como conselheiro. Eleito em 2017 pela Santástica União. Em 2018, fez um comentário de teor sexual em postagem da repórter Gabriela Brino, hoje no UOL na época no Lance!

9 – Fernando Abdul-Hak Forte
Empresário do ramo de publicidade. Era dono das lojas Santosmania. É sobrinho do saudoso ex-presidente Samir Jorge Abdul-Hak. Fez parte da DNA Santista. Eleito na Chapa 3 Santástica União (Andres Rueda/ José Renato Quaresma) em 2017 é ligado a José Renato Quaresma, de quem é amigo próximo.

10 – Jefferson Willian Moure Oliva
Funcionário público. É colunista do Portal Meu Peixão. É sobrinho do membro do Comitê de Gestão, Dagoberto Oliva (o que não há impedimento estatutário que impeça de assumir funções no Conselho). Eleito na Chapa 3 Santástica União (Andres Rueda/ José Renato Quaresma) em 2017 indicado pelos Corneteiros Santistas. Assinou proposituras de impeachment contra Peres. Hoje é independente.

11 – José Osvaldo Nardini
Empresário paulistano. Foi vice-presidente da Associação Santos Sempre Santos (SSS). Eleito na Chapa 3 Santástica União (Andres Rueda/ José Renato Quaresma) em 2017 foi indicado pela SSS.

12 – Marcelo Marçal de Oliveira
Membro da Torcida União dos Santistas Amigos (TUSA). Eleito na Chapa 3 Santástica União (Andres Rueda/ José Renato Quaresma) em 2017 foi indicado pela TUSA. Assinou proposituras de impeachment contra Peres.

13 – Mauro Thiel Fontoura Duclos
Conselheiro por vários mandatos deste os tempos de Marcelo Teixeira. É membro da Associação Santos Sempre Santos. Eleito na Chapa 3 Santástica União (Andres Rueda/ José Renato Quaresma) em 2017 foi indicado pela SSS. Assinou proposituras de impeachment contra Peres.

14 – Renato Antonio Ramirez Filho
Eleito na Chapa 3 Santástica União (Andres Rueda/ José Renato Quaresma) em 2017 foi indicado pela Associação Família 1912, mas rachou com está associação que apoiou Rodrigo Marino em 2020. Está em seu segundo mandato.

15 – Caio França de Gouvea Gomes
Deputado Estadual e Ex-Vereador de São Vicente pelo PSB. Foi membro do Comitê de Gestão de Orlando Rollo. Eleito na Chapa 4 Santos Gigante (Modesto Roma Júnior/Cesar Conforti) em 2017 para o primeiro mandato. Foi candidato nas eleições de 2009 (Chapa Rumo Certo) e 2014 (Chapa Pense Novo Santos) mas nãos e elegeu.

16 – Carlos Manuel da Silva
Empresário do setor de construção. Conselheiro por vários mandatos. Foi membro do Comitê de Gestão de Modesto Roma Júnior. Foi vice-presidente da Associação Santos Sempre Santos (SSS) e Diretor de Torcidas da gestão Marcelo Teixeira. Hoje faz parte do movimento Tradição Santista, liderado pelo radialista Paulo Alberto Francisco. Eleito na Chapa 4 Santos Gigante (Modesto Roma Júnior/Cesar Conforti) em 2017.

17 – Eduardo Ribeiro Filetti
Médico Veterinário e Comunicador. Conselheiro por vários mandatos. Foi ouvidor do clube por duas gestões (2015-2017/2018-2020) e Diretor do Departamento Social em todos os mandatos do ex-presidente Marcelo Teixeira. Foi membro do Comitê de Gestão de Orlando Rollo. Eleito na Chapa 4 Santos Gigante (Modesto Roma Júnior/Cesar Conforti) em 2017.

18 – Eric Delbosque Gonçalves
Publicitário é filho do delegado Osvaldo Nico Gonçalves, membro do Conselho Fiscal. Trabalhou no clube na gestão Modesto Roma Júnior em 2014 até 2017. Está em seu terceiro mandato como conselheiro eleito (Em 2014 e 2017 foi eleito na Chapa Santos Gigante).

19 – Gustavo Bensdorp Palmieri
Médico Veterinário e Vereador em São Vicente pelo PSB. Membro do grupo do deputado estadual Caio França. Foi eleito em 2017 na Chapa Santos Gigante indicado por França. Em 2018 foi candidato a deputado federal em 2018, obtendo quase 45 mil votos.

20 – Higor de Oliveira Ferreira
Empresário e Vereador em São Vicente pelo PSDB. Ex-membro do grupo de Caio França, hoje é opositor ao deputado tendo apoiado Solange Freitas na Prefeitura de São Vicente contra Pedro Gouvêa, tio de França. Foi eleito em 2017 na Chapa Santos Gigante indicado por França. Hoje é independente.

21 – Marcio Campanelli Costas
Empresário do ramo de alimentação e hotelaria. Foi membro do Comitê de Gestão de Modesto Roma Júnior, substituindo Andres Rueda Garcia no órgão. Foi eleito em 2014 e 2017 na Chapa Santos Gigante indicado as duas vezes na cota pessoal de Roma Júnior. Hoje faz parte do movimento Tradição Alvinegra, liderado por Paulo Alberto Francisco.

22 – Paulo Alves Correa Júnior
Pastor e Deputado Estadual pelo Democratas. Foi membro do Comitê de Gestão de Orlando Rollo e diretor regional da Federação Paulista de Futebol para Baixada Santista. Foi eleito em 2017 na Chapa Santos Gigante. Concorreu em 2014 na Chapa Avança Santos, de Nabil Khaznadar com apoio de Odílio Rodrigues mas não se elegeu conselheiro.

23 – Paulo Eduardo Pereira Barbosa
Delegado de Polícia. Filho do saudoso conselheiro efetivo Paulo Gomes Barbosa e irmão do ex-prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa. Foi eleito em 2017 na Chapa Santos Gigante indicado pelo irmão. Foi indicado na Chapa de Rueda em 2020 pelo membro do Comitê de Gestão Rafael Leal, diante da composição política do grupo de Paulo Alexandre com Rueda.

24 – Thiago Marinho Fernandes Leal
Assessor na Prefeitura de Santos, é irmão de Rafael Leal, membro do Comitê de Gestão e filho de Ary Leal, diretor de Relações Públicas da gestão de Marcelo Teixeira. Foi eleito em 2017 na Chapa Santos Gigante indicado por Paulo Alexandre Barbosa.

25 – Vilma Mattos de Lima
Considerada uma das torcedoras símbolo do Santos, atende pelo apelido de Vilminha Santista. Foi conselheira por dois mandatos de Marcelo Teixeira (2006/2007 e 2008/2009) e um de Modesto Roma (2014). Foi eleita em 2017 na Chapa Santos Gigante indicada por Alberto Francisco de Oliveira Júnior, o Alemão, entre os candidatos do movimento União Alvinegra. Hoje integra a Tradição Alvinegra, liderado por Paulo Alberto Francisco.

Outros mandatos

26 – Antonio Carlos Terci
Aposentado de Santos, foi conselheiro eleito na Chapa de José Carlos Peres em 2014.

27 – Edmon Atik Filho
Advogado e presidente do Conselho Deliberativo do Santos Atlethic Clube (Clube dos Ingleses), instituição que presidiu até ano passado. Foi diretor do Departamento Jurídico na gestão de Luiz Álvaro. É filho do saudoso presidente do Conselho do Santos e vice da diretoria, o médico Edmon Atik. Foi conselheiro nas gestões de Luiz Álvaro (2010-2014).

28 – Eduardo Mazzilli de Vassimon
Diretor do Itaú. Foi membro do Grupo Guia e do Comitê de Gestão de Luiz Álvaro de Oliveira e conselheiro nos dois mandatos (2010-2014).

29 – Emir Napoleão Kabbach
Engenheiro aposentado paulistano. Foi diretor da Constran Engenharia. Foi conselheiro por pelo menos dois mandatos de Marcelo Teixeira. Indicado à chapa de Andres Rueda por Clodoaldo Tavares Santana e Celso Jatene, de quem é eleitor na vida pública e amigo fiel.

30 – Francisco Calmon de B. Freire
Advogado, foi conselheiro na gestão Luiz Álvaro. Seu pai José Paulo Fernandes Freire foi diretor nos anos 70/80.

31 – José Amado da Silva
Comerciante, advogado e barbeiro, é presidente de honra da Associação Santos Sempre Santos, entidade política que elegeu Modesto Roma Júnior em 2014 e Andres Rueda em 2020. Foi conselheiro no triênio 2015-2017.

32 – Luiz Antonio de Alvarenga
Mais conhecido por Pepino, é comerciante e síndico do Super Centro Comercial do Boqueirão, o primeiro shopping center da América Latina, onde administra a Pepino Esportes, tradicional ponto de venda de ingressos para jogos na Vila. Foi presidente do Clube de Regatas Vasco da Gama de Santos. Foi eleito conselheiro em 2014 na Chapa Mar Branco (Fernando Silva/Reinaldo Guerreiro). Integra o movimento Tradição Alvinegra liderado por Paulo Alberto Francisco.

33 – Luiz Carlos Rodrigues Morgado
Administrador de Empresas e Profissional de Vendas, foi conselheiro nos dois mandatos de Luiz Alvaro (2010-2011/ 2012-2014).

34 – Luiz Fernando Vendramini Fleury
Empresário da área de cosméticos, foi conselheiro nos dois mandatos de Luiz Alvaro (2010-2011/ 2012-2014). Integrou o Comitê de Gestão de Odílio Rodrigues.

35 – Luiz Roberto Serrano
Jornalista foi repórter de Economia nos jornais Folha da Tarde, Gazeta Mercantil e Semanário Opinião. Editor de Política e Economia em revistas importantes como IstoÉ, Exame e Veja. Foi assessor de imprensa do ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, e do então presidente do PMDB, Ulysses Guimarães, na Campanha das Diretas Já, em 1984. Foi diretor da Agência Brasil (agência de notícias do Governo Brasileiro). Sócio da Serrano Associados Comunicação & Consultoria, criada em 1991. Foi presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Comunicação Social (Sinco) e do Conselho de Ética da Associação Brasileira das Agências de Comunicação (Abracom). Foi fundador e presidente da ONG Santos Vivo sendo próximo de José Carlos Peres com quem rompeu. Foi conselheiro nos dois mandatos de Luiz Álvaro (2010-2011/ 2012-2014).

36 – Nabil Khaznadar
Empresário do setor de roupas paulistano, foi membro do Comitê de Marketing da gestão Odílio Rodrigues. Conselheiro na gestão de 1992 de Marcelo Teixeira e nas duas de Luiz Álvaro. Foi candidato a presidente nas eleições de 2014 e 2017. É amigo de pôquer de Paulo André, gerente de futebol do Atlético-PR e ex-zagueiro do Corinthians. Um dos idealizadores e fundadores da Chapa União pelo Santos.

37 – Paulo de Almeida Demenato
Médico paulistano foi conselheiro no triênio 2015-2017 eleito na Chapa Santos Gigante, indicado pelo conselheiro efetivo João Arthur Alves São Pedro, o Joca.

38 – Ricardo Guimarães Horneaux de Moura
Engenheiro é filho do saudoso médico Olavo Horneaux de Moura (que foi o primeiro deputado estadual eleito por São Vicente na década de 60) e sobrinho do saudoso Padre Paulo Horneaux de Moura (padre histórico na Baixada Santista, apoiador da cultura e do esporte santista, sendo chamado várias vezes a prestar serviços eclesiásticos ao Santos FC). É assessor parlamentar do deputado estadual e conselheiro do Santos, Caio França e diretor técnico da RPL Serviços de Engenharia. Ricardo Horneaux também foi diretor executivo da Agencia Metropolitana da Baixada Santista (Agem) e presidente da Companhia de Desenvolvimento de São Vicente (Codesavi). No Santos FC, foi conselheiro nas duas gestões de Luiz Álvaro. Ocupou no Peixe, de junho de 2012 a março de 2015 o cargo de Sub-Gerente Administrativo dos CTs e Engenheiro Responsável pela Vila Belmiro. Entrou com processo contra o clube após ser demitido. Foi indicado à chapa pelo deputado Caio França.

39 – Rodolfo Martinez Quaresma
Filho do ex-membro do Comitê de Gestão de Andres Rueda e de Modesto Roma Jr, José Renato Quaresma, Rodolfo é administrador de empresas e diretor da Embraps Serviços Ltda, empresa do seu pai. Foi conselheiro no triênio 2015 a 2017.

40 – Sergio Luiz Akaoui Marcondes
Advogado é sócio do último presidente da Comissão de Inquérito e Sindicância (CIS), Michel Elias Zamari, na Zamari Marcondes Advogados Associados. Foi conselheiro nas duas gestões de Luiz Álvaro de Oliveira Ribeiro.

41 – Paulo Alberto Francisco
Radialista, é chefe da equipe do Radar Esportivo da Rádio Guarujá AM. É fundador e idealizador do movimento Tradição Alvinegra. Foi conselheiro em gestões de Samir Abdul-Hak, Marcelo Teixeira e Luiz Álvaro de Oliveira Ribeiro. Em 2014, se elegeu conselheiro na Chapa Mar Branco, de Fernando Silva, mas logo passou para a base de apoio de Modesto Roma Júnior.

Efetivos aptos

1.Ademir Soares Silva, 2.Adilson Durante, 3.Alaor Baizi, 4.Alcir dos Santos Elias, 5.Anibal Gomes Ornelas, 6.Antonio Carlos Ferreira Gouvêa, 7.Antonio Carlos Garcia, 8.Antonio José Paixão, 9.Armando Neves Rizzo, 10.Átila Pessoa de Souza, 11.Augusto Henrique Rodrigues Filho, 12.Benedicto Hélio Soares Novaes, 13.Braz Antunes Mattos Neto, 14.Celso Sampaio Lopes, 15.Cláudio Alonso Alba, 16.Clodoaldo Tavares Santana, 17.Constantino Kader Conde, 18.Décio Couto Clemente, 19.Décio Lourenço Reimão, 20.Delfim Ojea Losada, 21.Dilson Francisco Galhego, 22.Edson Zaccaria Rodrigues, 23.Edwin Tabosa Gropp, 24.Evandro Balthazar da S. Trocoli, 25.Felisberto João C. Gonçalves, 26.Fernando A. dos Santos Miranda, 27.Francisco Jorge Lopes, 28.Geraldo Cesar Pierotti, 29.Humberto Nunes, 30.Jameson Silva Filho, 31.João Arthur Alves São Pedro, 32.João Carlos Fernandes, 33.João Gonçalves, 34.João Henrique Braga de Mesquita, 35.José Antonio dos Santos, 36.José Carlos da Silva, 37.José Carlos Otero Quaresma, 38.José Geraldo Gomes Barbosa, 39.José Ibnayih Abdulla El Muheison, 40.José Paulo Fernandes, 41.José Rubens Marino, 42.Lineu Leme de Magalhães, 43.Luiz Cláudio de Aquino B. Pereira, 44.Luiz Roberto Muniz, 45.Luiz Simões Polaco Filho, 46.Manoel da Costa Júnior, 47.Manoel Ojea Lousada, 48.Marcelo Martins Sion, 49.Marcelo Requejo Veja, 50.Marco Aurélio Chioro dos Reis, 51.Marcos Scarsini F. Pinto, 52.Mauro José Ungaretti, 53.Murilo Amado Barletta, 54.Nelson Rodrigues de Oliveira, 55.Nicolino Bozzella, 56.Norberto Gonçalves Júnior, 57.Norberto Moreira da Silva, 58.Odair Ribeiro Leal, 59.Odílio Rodrigues FIlho, 60.Oriovaldo Rodrigues Pires, 61.Paulo Ferreira, 62.Paulo José Gallotti Bonavides, 63.Paulo Sérgio Wagner de Andrade, 64.Reynaldo Alberto P.S. Azevedo, 65.Ricardo Antonio Veiga Rocha, 66.Ricardo Fernandes, 67.Roberto Diz Torres, 68.Rodolpho Paulo Geraldo Varella Souza, 69.Ronaldo Guassaloca, 70.Rubens Jesus Rodrigues, 71.Rubens Martins de Castro, 72.Rubens Sérgio, 73.Sidney Espinosa, 74.Silvio Carneiro Espósito, 75. Silvio José de Abreu, 76. Silvio Luiz Millon Fontes, 77. Vidal Sion Neto, 78. Waldemar Alves, 79. Waldir Migues Rodrigues, 80. Walter Dias e 81. Wilson Roberto Belista de Menezes.

Natos aptos

1. Andre Monteiro de Fazio, 2. Edson Arantes do Nascimento, 3. Esmeraldo Soares Tarquinio de Campos Neto, 4. Fernando Gallotti Bonavides, 5. Florival Amado Barletta, 6. José da Costa Teixeira, 7. Marcelo Pirilo Teixeira, 8. Otávio Alves Adegas, 9. Paulo Schiff e 10. Rubens Quintas Ovalle.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Política