Conecte-se

Futebol

Santos reencontra São Paulo três meses e meio depois de goleada sofrida na estreia de Holan

Quase três meses depois da derrota por 4 a 0 que marcava a estreia do técnico argentino Ariel Holan, o Santos reencontra o São Paulo com uma equipe bastante diferente da que entrou em campo naquele 6 de março, no Morumbi.

À época, com diversos desfalques, como Pará, Madson, Kaio Jorge e Marinho, Holan teve de optar por uma equipe diferente da que vem sendo a titular de Fernando Diniz, que contou com: John; Sandro Perpétuo, Luiz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Sandry e Jean Mota; Lucas Braga, Soteldo e Bruno Marques.

Em campo e sob forte chuva, o Santos até fez um bom primeiro tempo, mas toda a organização ruiu no segundo tempo e o Peixe, sem conseguir se organizar dentro das quatro linhas, sofreu quatro gols em 37 minutos.

Hoje, após três meses e meio, muita coisa mudou no Santos. Ariel Holan pediu demissão no final de abril após sequência negativa de maus resultados e atuações fracas, Fernando Diniz assumiu e reencontrará o São Paulo, equipe que deixou no início de fevereiro. No São Paulo, desde o clássico, o tricolor conquistou o Campeonato Paulista e voltou a erguer um troféu depois de nove anos. Agora, a equipe de Hernán Crespo iniciou o mal o Brasileirão e enfrenta a primeira turbulência desde a chegada do argentino.

Para o San-São, deste domingo (20), às 18h15, na Vila Belmiro, o técnico Fernando Diniz deve escalar a equipe com: John; Pará, Luiz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonatan; Camacho, Jean Mota e Gabriel Pirani; Marinho, Marcos Guilherme e Kaio Jorge.

 

21 anos, estudante de Jornalismo na UNISANTA. Apaixonado pelo jornalismo, fanático por futebol.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol