Conecte-se

Futebol

Auxilliar de Carille vê positivismo em empate, mas alerta: “. Claro que ainda tem correções a fazer”

Foto: Ivan Storti / Santos FC

O Santos empatou sem gols com a Inter de Limeira na noite desta quarta-feira (26). Para o confronto, Leandro Silva, o Cuquinha, foi quem comandou a equipe na beira de campo, O técnico Fábio Carille testou positivo para a Covid e está em isolamento.

Leandro enxergou coisas positivas no empate sem gols. Na partida, o Peixe teve que atuar com um jogador a menos durante toda a segunda etapa, depois que Gabriel Pirani foi expulso no final do primeiro tempo.

“Acho que temos de olhar sempre para o lado mais positivo, estamos num início de preparação. São 17 dias de preparação, perdemos um jogador no fim do primeiro tempo. Tivemos de jogar praticamente com 50 minutos com um jogador a menos. Com certeza dificulta muito. Acho que tem muito mais coisas positivas para tirar do jogo. Claro que ainda tem correções a fazer, atletas chegando, Bauermann e Bruno fazendo suas estreias”, disse Leandro Silva.

O auxiliar ainda falou sobre a estratégia utilizada para que o time conseguisse se superar e arrancar um empte fora de casa.

“Quando voltamos do intervalo com um a menos, fizemos alguns ajustes para poder buscar a reação. Achei que os jogadores se comportaram bem, usamos alguns jogadores mais leves. Você mudando a forma de jogar, com um jogador a menos, ficou um jogo de muita bola parada, para mexer no time tem de pensar em tudo. Bola parada, força física, preparação para poder entrar”, explicou.

O Santos volta a campo no sábado (29), às 11h, contra o Botafogo-SP, na Vila Belmiro.

Jornalista graduado pela Universidade FiamFaam. Santista, romântico da bola e amante do futebol varzeano. Colaborador no Cancha Santista e colecionador em transmissões na Equipe Líder, Rede Continua e Rádio Prorrogação

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol