Conecte-se

Futebol

No sufoco! Santos sofre, mas vence Fluminense-PI nos pênaltis e se classifica para a terceira fase da Copa do Brasil

Foto: Ivan Storti / Santos FC

Como diria o grande Galvão Bueno: “Que sufoco, amigo. Haja coração”. Essa é a frase que resume o que aconteceu na noite desta terça-feira (8), em Teresina. O Santos saiu perdendo, empatou no segundo tempo com um a menos e conseguiu se classificar na disputa de pênaltis contra o Fluminense-PI.

O primeiro tempo foi completamente desastroso para o Peixe. Primeiro pelo uniforme. O Santos entrou em campo com o fardamento escuro que confundia com o uniforme do time da casa. Depois teve a questão do gramado que estava muito ruim para a prática de um bom jogo de futebol. Mas mesmo assim, o desempenho foi muito abaixo.

O Santos não conseguia ter uma troca de passes para envolver o adversário. O Fluminense, por sua vez, estava totalmente solto e confiante no jogo. Principalmente pelo seu lado esquerdo de ataque, conseguiia envolver a defesa santista e criar boas oportunidades. Em uma delas, não teve jeito. O artilheiro do Brasil, “Super Mário” fez um bonito gol. O atacante dominou no peito e virou batendo sem chances para João Paulo.

O Santos foi para o intervalo com a desvantagem no placar e no desempenho. Fabián Bustos identificou isso e já voltou para a etapa final com duas mudanças. Auro estreou entrando no lugar de Vinicius Balieiro e Vinicius Zanocelo voltou no lugar de Sandry. A postura santista foi totalmente diferente. Jogando de branco o time conseguiu criar oportunidades e só não empatou por um erro do bandeirinha.

Ricardo Goulart fez uma bela jogada individual, dominou, girou e bateu cruzado, mas Marcos Leonardo completou para o gol uma bola que já tinha o mesmo destino. O bandeira deu impedimento, o problema é que havia um jogador do Fluminense dando condição, mas como nessa fase da Copa Do Brasil não tem VAR, não teve o que fazer.

O tempo foi passando e o drama aumentando. Camacho tomou o segundo amarelo e foi expulso, João Paulo precisou fazer um verdadeiro milagre e o lateral dos mandantes perdeu uma chance clara. Aos 32 minutos Fabián Bustos fez uma mudança na equipe que fez com que a história do jogo fosse completamente diferente. Entrou Gabriel Pirani no lugar de Marcos Leonardo, com isso, Ricardo Goulart ocupou a vaga de centroavante.

Foram esses dois jogadores que fizeram a diferença. Pirani meteu um bolão para Goulart que, na frente do goleio, de perna esquerda, colocou no canto e empatou para o Santos. No final o Peixe ainda quase levou o segundo gol, mas a disputa da vaga foi mesmo para as penalidades.

O Santos começou cobrando com Ricardo Goulart e converteu. Depois disso, somente Gabriel Pirani perdeu para o Peixe. Lucas Braga, Lucas Barboda e Vinicius Zanocelo marcaram. Com apenas um erro do Fluinense também, a disputa foi para as batidas alternadas. O que era emocionante se tornou ainda mais depois que Lucas Pires cobrou, a bola ainda pegou na perna do goleiro do Flu, mas entrou. Na sequência, o jogador do Fluminense acertou o travessão e a vaga veio. Santos na terceira fase da Copa do Brasil.

Agora as atenções do Peixe se voltam para o clássico contra o Palmeiras no domingo (13), ás 18h30, no Allianz Parque pelo Paulistão. O Santos só depende de si para se classificar no campeonato estadual e precisa vencer para continuar assim. Uma vitória também é importante para evitar o risco de rebaixamento para a série A2.

Jornalista graduado pela Universidade FiamFaam. Santista, romântico da bola e amante do futebol varzeano. Colaborador no Cancha Santista e colecionador em transmissões na Equipe Líder, Rede Continua e Rádio Prorrogação

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol