Conecte-se

Colunas

Como o Santos pode jogar com os novos reforços

Passado o vexame no Campeonato Paulista, cuja campanha foi mais uma vez pífia, o Santos foi as compras para o Campeonato Brasileiro e para as fases mais agudas da Copa do Brasil.

Com o aval de Fabian Bustos, o Alvinegro explorou o mercado sul-americano e trouxe o volante Rodrigo Fernandes, ex-Guarani-PAR; o meia/ponta Jhojan Julio, ex-LDU e o atacante Bryan Angulo, ex-Cruz Azul.

Além da contratação dos três estrangeiros, o Peixe fechou a aquisição do volante Willian Maranhão, que estava no Bahia e o zagueiro Maicon, acertado com o Santos após o Paulistão. No total foram 5 contratações que acrescentam, na teoria, mais qualidade ao combalido elenco santista e que a diretoria e a torcida esperam resolver alguns dos problemas da equipe.

Após a vinda dos novos reforços, o técnico santista deu uma declaração que agora “a bola estava com ele” (sobre a montagem do time e o padrão tático e técnico). Mas quais alternativas para escalar o time titular o treinador argentino tem?

O Portal Meu Peixão irá esboçar algumas delas abaixo:

 

A 4-3-3 e suas variações: atuando de forma vertical

Na versão mais comum, o time atuaria com Angulo e J. Julio como pontas, Ricardo Goulart “flutuaria” entre os dois ponteiros com Fernandes e Zanocelo/W. Maranhão ajudando na criação de jogadas e principalmente na marcação. O time seria voltado ao contra-ataque e troca constante de posições entre o trio de atacantes.

SANTOS 4-3-3 - Santos Copa do Brasil - Football tactics and formations

Já na 4-2-3-1, Angulo e J.Julio seriam meias abertos pelos lados, com Goulart mais centralizado, mas flutuando também. Os dois volantes estariam mais postados defensivamente. O time não estaria tão voltado ao contra-ataque como na 4-3-3, mas em compensação teria mais a posse da bola.

SANTOS 4-2-3-1 - Football tactics and formations

 

A 4-4-2: a formação ideal para esse Santos

A 4-4-2 é a formação mais equilibrada para o Santos neste momento e é a formação que ao meu ver, utilizaria de forma mais apropriada o nosso melhor jogador tecnicamente: Ricardo Goulart. Goulart jogaria como um ponta-de-lança, encostado no Marcos Leonardo e sem precisar armar o jogo. O time teria as jogadas tanto pelos lados, quanto por dentro, uma vez que J. Julio e Lucas Braga conseguem jogar por dentro também.

SANTOS 4-4-2 - Football tactics and formations

Essas são só algumas maneiras que o Peixe pode atuar com a chegada dos novos atletas. O mais importante é que o time consegue praticar um futebol bem jogado, coletivo e equilibrado. É o que todos os santistas esperam do maior time do mundo.

LEIA MAIS:  >>> ÂNGELO E LÉO BAPTISTÃO SÃO OPÇÕES PARA BUSTOS <<<

Já escreveu para Torcedores.com, ProSantosFC e Orgulho Santista. É torcedor do clube desde o nascimento.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Colunas