Conecte-se

Futebol

Fábian Bustos enxerga evolução na equipe e agora tem duas partidas em casa para fazer o time embalar

Foto: Ivan Storti / Santos FC

O Santos ainda não conseguiu engrenar com Fábian Bustos. O treinador teve um pouco mais de duas semanas de treinamentos antes do inicio da Copa Sul-Americana e Campeonato Brasileiro, mas o time não fez boas partidas em nenhuma das ocasiões. Porém, após o empate contra o Fluminense no último sábado (9), o comandante disse que vê uma evolução na equipe.

“A autocrítica é que temos de seguir melhorando, mas fazia muitas partidas que não saíamos no zero. Fazia muito tempo que não competíamos com equipes importantes. Jogamos num campo difícil, um torneio muito complicado, que no ano passado custou muito. Não estamos felizes, mas estamos em crescimento, temos de seguir criando mais situações de gol”, disse Bustos.

“No jogo anterior usamos um 3-4-3. Neste jogo jogamos num 4-3-1-2, com Jhojan Julio no meio, Goulart e Marcos Leonardo no ataque e três volantes. Não tenho a possibilidade de entrosar. Hoje tivemos as estreias do Jhojan, do Bryan. Terça estrearam Maranhão, Maicon, Fernández. Estamos vendo quem joga melhor. Hoje não tomamos gol e isso já é um passo importante. Agora falta gerar mais jogadas, mais chances de gols. Hoje faltou trabalhar a bola”, completou.

Agora Bustos e seus comandados terão duas partidas consecutivas dentro de casa. A equipe joga na próxima quarta-feira (13), ás 19h15 contra a Universidad Católica do Equador pela Copa Sul-Americana e domingo (17), ás 11 horas contra o Coritiba pela segunda rodada do Brasileirão. A ideia é vencer as duas partidas para que a equipe consiga pegar mais confiança e embalar de vez.

“Contra o Água Santa a torcida nos apoiou, incentivou. Tomamos um gol e eles nos apoiaram, isso que ajuda. Enfrentamos cinco partidas fora de casa. E agora teremos essa oportunidade. Sei que o rendimento não está em pleno funcionamento, mas precisamos do apoio deles. Que torçam, que apoiem o grupo e seguramente vamos jogar para ganhar a partida”, disse Bustos.

Jornalista graduado pela Universidade FiamFaam. Santista, romântico da bola e amante do futebol varzeano. Colaborador no Cancha Santista e colecionador em transmissões na Equipe Líder, Rede Continua e Rádio Prorrogação

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol