Conecte-se

Bastidores

Funcionário tenta suborno por apostas e é demitido pelo Santos

Foto: Fabio Maradei / Santos FC

O Presidente do Santos Futebol Clube, Andres Rueda, convocou um bate papo com a imprensa no começo da tarde desta segunda-feira (20). Na conversa, o mandatário do clube Alvinegro denunciou um funcionário do clube de tentar subornar uma jogadora da equipe de futebol feminino do RB Bragantino no jogo entre as equipes que ocorreu ontem (19), no estádio da Vila Belmiro e que terminou empatado por 1 a 1.

O funcionário que foi demitido e não teve seu nome revelado tentou fazer uma ponte para chegar até a jogadora com um funcionário do RB Bragantino. A atleta adversária recusou a “proposta” do funcionário santista e informou sobre o acontecido para de seus supervisores. A intenção do agora ex-funcionário santista era subornar a jogadora adversária para que um resultado elástico ocorresse ainda no primeiro tempo para que ajudasse em apostas.

“A gente teve um fato lamentável comprovadamente nesse fim de semana que talvez seja a cabeça de um iceberg do que está acontecendo no nosso futebol. Um funcionário do nosso clube, do futebol feminino, utilizando-se de um intermediário do Bragantino, tentou subornar uma jogadora do Bragantino para arranjar um resultado elástico já no primeiro tempo do jogo para efeito de apostas”, explicou Rueda.

“A alegação é de que o Bragantino já estava eliminado. A jogadora prontamente recusou a proposta e comunicou seus superiores, que têm uma relação muito forte com o Thiago, apresentando inclusive provas materiais, prints de conversas. Tão logo chegou ao nosso conhecimento, junto com o Thiago, a gente tomou algumas providências. Providências que tomamos de imediato: demissão por justa causa de todos os envolvidos. Oficiamos imediatamente a CBF, colocando as provas, os prints. O resultado não era para ser o resultado da partida, era para que acontecessem algumas condições no primeiro tempo”, completou o Presidente.

O Presidente ainda relatou sobre um momento que supostamente poderia ter acontecido uma participação da arbitragem no caso. Rueda falou isso por conta de um envelope que foi filmado sendo entregue por um funcionário do Santos (não se sabe se é o mesmo demitido) para a quarta árbitra do jogo antes dele acontecer.

“Tem uma passagem inclusive do início do jogo, um negócio no mínimo esquisito, um funcionário dando supostamente um envelope para a quarta árbitra (Adeli Mara Monteiro) na frente da juíza (Marianna Nanni Batalha), que tem de ser investigado. Avisamos a CBF. Abrimos um BO para apuração criminal dos fatos e estamos preparando todo um material para encaminhar para o Ministério Público. Não ficaremos contentes enquanto não apurarmos toda a podridão”, comunicou.

“Não tenho condições de avaliar (se tinha arbitragem envolvida). A imagem é pública (do envelope sendo entregue). E a gente passou essa imagem, tudo isso, também para a CBF, para a polícia, para investigarem. É um fato que aconteceu no jogo. Eu não quero ser leviano. Aparece o envelope. Tem de ser investigado, porque é uma atitude completamente estranha: antes de o jogo começar, ir lá e entregar um envelope”, concluiu.

Para finalizar a conversa, Andres Rueda aproveitou a oportunidade para levantar um assunto que há muito tempo está em pauta no futebol, mas não consegue evoluir, que é a profissionalização da arbitragem brasileira.

“Neste momento em que praticamente estamos colocando certas suspeitas sobre os árbitros, ninguém entende, talvez as coisas comecem a ficar um pouco mais claras. Tem alguma coisa estranha acontecendo. O que a gente pede? Estamos solicitando a toda a comunidade que quer bem ao nosso futebol, a imprensa, os clubes, a própria CBF, as federações, que se juntem e exijam imediatamente a profissionalização da arbitragem, com investigações de todas as séries do futebol brasileiro, para apurar se eventuais erros que estão acontecendo são erros”, finalizou o mandatário do Peixe.

Jornalista graduado pela Universidade FiamFaam. Santista, romântico da bola e amante do futebol varzeano. Colaborador no Cancha Santista e colecionador em transmissões na Equipe Líder, Rede Continua e Rádio Prorrogação

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Bastidores