Conecte-se

Futebol

Santos reajusta orçamento e mira diminuir quase R$ 2,5 milhões da folha salarial

A diretoria do Santos tem o objetivo em diminuir aproximadamente R$ 2,5 milhões em sua folha salarial – atualmente o custo chega em R$ 8 milhões. Isso tem sido discutido nas últimas reuniões entre os dirigentes do clube.

O valor foi discutido entre os dirigentes após o orçamento ser reajustado, principalmente, pela incógnita em relação as competições. O Campeonato Paulista está parado e ainda sem definição de seu retorno. O próximo compromisso do Santos será contra o San Lorenzo, da Argentina, na próxima terça-feira (6), pelo jogo de ida da terceira fase da Pré-Libertadores.

Para isso, o Alvinegro busca rescisões amigáveis ou novos clubes para atletas que não estão à disposição do técnico Ariel Holan. Recentemente, o Santos conseguiu emprestar Arthur Gomes para o Atlético-GO, Felippe Cardoso para o Vegalta Sendai, do Japão, Laércio para Chapecoense, além de Daniel Guedes para o Fortaleza. A tendência é que o zagueiro Cleber Reis e o atacante Rodrigão não sejam utilizados pelo treinador argentino.

>Veja mais notícias do Santos clicando aqui

Outro ponto de equilíbrio encontra-se nas renovações do elenco. Na medida em que o Santos libera um jogador, pode aparecer a situação de qualquer atleta ter o desejo em negociar um contrato melhor. O Peixe precisa renovar os vínculos de Kaio Jorge, Carlos Sánchez, Derick e Cadu, por exemplo.

Formado em jornalismo pela Universidade Católica de Santos. Colaborou para o GloboEsporte.com, LANCE! e Esporte News Mundo.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol