Conecte-se

Futebol

Alison destaca primeiro tempo na Argentina, ressalta perdas no elenco e defende jovens

Após a derrota por 2 a 0 para o Boca Juniors, o volante e capitão do Santos, Alison, concedeu entrevista coletiva ao lado do interino Marcelo Fernandes. Na oportunidade, o camisa 5 ressaltou a situação delicada na competição e elogiou o primeiro tempo da equipe.

A situação é complicada, sim. Na minha visão, no primeiro tempo a gente foi melhor no jogo. O Boca estava esperando para jogar no contra-ataque. No primeiro tempo fomos melhores, mas depois do gol que tomamos na bola parada… Eles tinham a vantagem de um gol, precisamos sair para buscar o placar, precisávamos muito da vitória, e eles ampliaram no contra-ataque“, explicou.

Perguntado sobre as diferenças entre a temporada passada e a atual, Alison respondeu que o time precisa melhorar no geral.

A gente vem trabalhando muito, ninguém tá medindo esforço para nós evoluirmos. A gente quer sair logo dessa situação horrível, complicada. Um elenco muito jovem. A gente também perdeu jogadores importantes da temporada passada, isso causa um efeito. Óbvio que todos que estão aqui têm qualidade porque estão no Santos Futebol Clube. Mas acho que precisamos evoluir num todo para que a gente retome o caminho da vitória o mais rápido possível. Essa situação incomoda a gente, queremos sair o mais rápido possível dela“, salientou.

>Veja mais notícias do Santos clicando aqui

Por fim, Alison saiu em defesa dos jovens e ressaltou a necessidade de os mais experientes, como ele mesmo o citou, chamarem a responsabilidade para si, de maneira que precisa a evolução dos garotos.

Sobre os meninos, são muitos jovens que temos no time, mas eles sabem da responsabilidade que é jogar num clube gigante como o Santos. Em um momento complicado, como esse, temos que tirar ao máximo a pressão deles. Eu como capitão, experiente, tenho essa responsabilidade, preciso assumir. Quanto mais deixarmos eles à vontade para jogar é melhor. Estamos aqui para dar suporte para eles, tenho certeza que vão continuar nos ajudando, vão continuar evoluindo. A gente precisa evoluir num todo para sair dessa situação“, exaltou.

O Santos volta a campo no sábado (01/05), contra o RB Bragantino, em horário a definir, pela 10ª rodada do Campeonato Paulista, precisando vencer para manter as pretensões de classificação ao mata-mata. Pela Libertadores, o Peixe volta a campo para enfrentar o The Strongest, na terça-feira (04/05), às 19h15, na Vila Belmiro, e, assim como no estadual, precisa da vitória para seguir sonhando com a vaga nas oitavas de final.

21 anos, estudante de Jornalismo na UNISANTA. Apaixonado pelo jornalismo, fanático por futebol.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Futebol