Conecte-se

Bastidores

O possível motivo da demora na renovação de Kaio Jorge e desempenho de Marinho

O Santos FC divulgou com muita festa, tanto do clube quanto da torcida, a renovação de Carlos Sanchez por mais dois anos. Para muita gente, o Sanchez recebia 400 ou 300 mil e iria renovar o contrato por metade disso. O jogador com 37 anos, que estava em uma decrescente quando sofreu uma lesão que é considerada uma das piores do futebol que é a de ligamento do joelho, só iria ficar no clube se aceitasse uma redução pela metade do salário e apenas 1 ano de contrato.

Mas essa semana a verdade veio à tona: Sanchez recebia 600 mil e reduziu para 490 mil e foi feito contrato de 2 anos com o jogador, conforme trouxe Jorge Nicola do Yahoo:

 

Importante observarmos o investimento feito no zagueiro Luan Peres. O atleta adquirido junto ao “poderoso” Brugge da Bélgica por R$ 20 milhões nos direitos federativos ainda nos custou o pagamento de comissão de mais de R$ 1 milhão a empresários (prática esta que o Rueda sempre bate no peito que não paga e dificultando as negociações no futebol do Santos). Essa informação não é achismo meu, está no parecer do Conselho Fiscal:

Nada contra o zagueiro, que é um bom jogador, mas seu salário subiu após a aquisição feita na gestão Rueda em 12 de fevereiro de 2021, ao patamar de zagueiro da Seleção Brasileira: R$ 500 mil por mês.

Vamos lembrar da justificativa que a gestão deu para o Santos abrir mão do zagueiro Sabino, entregando de graça ao Sport Recife um ativo fruto da base do clube, que se destacou no Sub-23 do Peixe e no Coritiba: “Não podemos ter um zagueiro ganhando R$ 200 mil por mês, pois iria dificultar as renovações dentro do clube”. Isso foi dito pelo próprio Rueda em entrevistas e virou discurso de seus apoiadores.

Não estou fazendo julgamento de valor dos atletas envolvidos e nem o desempenho em campo. Apenas discutindo a falta de coerência na condução das negociações.

Como irão se sentir os outros atletas sabendo que o maior salário do clube é do zagueiro Luan Peres? Isso justificaria o desempenho do Marinho, cujo salário é inferior, em campo?

Como pensa o megaempresário Giuliano Bertolucci, representante do atacante Kaio Jorge – artilheiro do Santos na temporada e frequentemente convocado para a Seleção Brasileira de sua faixa etária? O Santos tem valorizado seu Menino da Vila como merece? Estaria ele tão errado a ouvir as propostas de diversos clubes, inclusive estrangeiros, interessados no atleta que daqui há 20 dias pode assinar um pré-contrato com o clube que quiser? Seria o salário do Luan Peres (Atleta que nunca sequer foi convocado, lembrado ou especulado para a Seleção Brasileira) o real motivo da dificuldade na assinatura de novo vínculo de Kaio Jorge com o Peixe?

Como se sentem os outros jogadores? Afinal, seu colega de time, um meio-campo de 36 anos e que deve não conseguir manter as condições físicas ideais de jogar 90 minutos por dois anos, ganha meio milhão por mês? Isso não vai gerar insatisfações e cobranças por reconhecimento financeiro de outros atletas? E a propalada “produtividade” que Rueda tanto falou antes da renovação desse vínculo? Foi para o espaço? Afinal ele não ia “mudar” o futebol brasileiro começando pelo Sanchez com a inclusão desse aditivo de produtividade? Será que se esqueceu dessa pretensão que segundo ele iria salvaguardar o Santos deste tipo de contrato que já existia no clube em outros tempos como Leandro Donizete, Cleber Reis, Bryan Ruiz, Cueva, Uribe e outros? Será que Rueda se rendeu as práticas contratuais de futebol praticadas pelos seus antecessores José Carlos Peres, Modesto Roma e Odílio Rodrigues?

Um torcedor no Twitter fez uma reflexão perfeita no meu entendimento:

Nessa reflexão, tentei trazer FATOS e DADOS para que a torcida que foi pega no teste do ”PCR” (Proibido Criticar Rueda) não ficasse dizendo que esse texto é apenas um ataque, que estou torcendo contra, entre outros argumentos fracos que são usados sempre! Eu votei no Rueda. Quero o melhor para o nosso Santos. Por isso escrevo, falo e opino. Os melhores homens são identificados por aqueles cujo o discurso e a ação estão em sintonia. Pelo bem do Santos é essa sintonia que sempre cobrarei de quem tiver a caneta na mão!

Como disse nosso amigo Colunista Matheus Francisco: Pau que dá em Chico não dá em Francisco

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Peixão

Eu sou nada e é isso que me convém.

8 Comentários

8 Comentários

  1. ANTONIO CARLOS DA SILVA

    13 de junho de 2021 às 11:29

    É um abisurdo paga 500 mil por jogador comum

  2. SAMUEL FAUSTINO DA SILVA JUNIOR

    13 de junho de 2021 às 11:17

    Eu sou torcedor do Santos mas infelizmente não sou Sócio Rei. Gostaria de parabenizar o Felipe, continue com suas matérias vc esta fazendo um bom trabalho.
    Todo o trabalho tem q ter Críticas tanto boas quanto ruins. E o trabalho de Rueda tbm é assim, ele vem tentando tirar o Santos das dívidas, só q pra mim as negociações com os jogadores, é o que ele faz muito mal. Não tem coerência as tratativas com os jogadores. Toda forma de política q não tem Crítica, e apoio das massas, faz mercado.

  3. Paulo Gomes da Silva

    13 de junho de 2021 às 09:15

    Pelo jeito você tá com saudades do Peres, só sabe apontar os erros do Rueda e os acertos nunca comenta. Matéria sempre tendenciosa.

  4. A. S.

    12 de junho de 2021 às 15:37

    Eu entendi o texto, também entendo que ele reflete sua opinião e a respeito, mas especular coisas dos bastidores é terrível. Nem eu e nem você sabemos dos casos de Marinho, Kaio Jorge e cia. Entre especular situações que podem SER ou NÃO SER verdadeiras e ficar quieto, EU prefiro ficar quieto…

  5. Leao Vidal

    12 de junho de 2021 às 13:45

    Parabéns, como santista que eu imagino que vc seja, ajudou muito essa reportagem para as próximas negociações. SQN !!

  6. Leo

    12 de junho de 2021 às 13:21

    6 meses de muita contradição … complicado

  7. Floreal

    12 de junho de 2021 às 13:21

    Primeiro que o salário do zagueiro do Rollo,era 200 por mês,e mais 100 de direito de imagem. Mais 2milhoes ,1 para o jogador e 1 para o empresário, ou alguma rachadinha. Quanto ao Luan o acordo foi feito pela diretoria Rolesca antes da final da Libertadores e junto com o acordo de prorrogação do empréstimo. É melhor ter jornalista que escuta os dois lados, ou os Nelsons Rubens do Portal.

  8. Alcinei Alflen

    12 de junho de 2021 às 13:09

    Felipe,temos de investigar sim todas as ações danosas ao nosso time…Parabéns

Deixe uma resposta

Anúncio

Veja Também

Mais em Bastidores

%d blogueiros gostam disto: